Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Primeiro caso de Covid-19 em animais é registrado em Belo Horizonte

No país, 11 animais foram diagnosticados com o novo coronavírus

Por Da Redação Atualizado em 23 fev 2021, 17h51 - Publicado em 23 fev 2021, 17h24

Um cachorro da raça boxer foi diagnosticado com o coronavírus, em Minas Gerais, Belo Horizonte. De acordo com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), essa é a primeira confirmação da doença nos bichos.

No país, 11 animais foram diagnosticados com o vírus. As testagens são do projeto de pesquisas que monitora a atuação da Covid-19 em animais.

O cão estudado vive com tutores que testaram positivo para Covid-19. Os laudos do bicho são analisados pelo Laboratório de Epidemiologia e Controle de Doenças Infecciosas do Instito de Ciências Biológicas (ICB) da universidade.

O cachorro testado faz parte de uma pesquisa nacional que tem o objetivo de monitorar e acompanhar a interferência da Covid-19 em animais domésticos.

O estudo ainda chegou em outros pets contaminados pelo SARS-CoV-2. Um gato em Cuiabá, quatro cães e um gato em Curitiba, dois gatos em Recife e um cão e um gato em Campo Grande também estão nesta lista.

A pesquisa tenta reforçar que humanos são os transmissores do coronavírus, e não os bichos. Em casos positivos da doença na família, a análise ainda destaca a importância do uso da máscara e do distanciamento dos animais. De acordo com o ICB, a ação precisa de mais voluntários. Para mais informações, entre com contato pelo e-mail covidufmg@gmail.com.

Os dados do estudo foram reportados ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e à Organização da Saúde Animal.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade