CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Saiba qual é o modelo de tênis ideal para seu tipo de pisada

Usar tênis adequados para a forma como você pisa evita dores em todo o corpo

Por Raquel Drehmer Atualizado em 17 jan 2020, 08h19 - Publicado em 22 fev 2018, 20h19

Pode ser que já tenha ocorrido com você: um tênis incrível é lançado, combina totalmente com seu estilo, você o compra empolgadíssima e, quando o usa, o resultado é um misto de dor e incômodo nos pés e até em outras partes do corpo. Ou então, o modelo de tênis que faz você sentir que está descalça, de tão confortável, chega a fazer bolhas nos pés de uma amiga.

O motivo de tais situações é o tipo de pisada. Cada pessoa pisa de um jeito, com a força concentrada de uma maneira nos pés, e sapatos e tênis devem ser adequados a esse posicionamento para não causarem dor.

Não existe fórmula para uma pisada perfeita

“Embora haja uma pisada neutra, não existe uma forma ‘correta’ de pisar. A pisada perfeita, por assim dizer, é aquela que não repercute em dores e desvios nas pernas, joelhos e quadris”, explica Lucas Fonseca, ortopedista especialista em medicina esportiva e cirurgia do tornozelo e pé.

Então você não precisa ficar encanada caso pise para dentro ou concentrando o apoio nos dedos, por exemplo. Se seu corpo não doer como consequência disso, está tudo bem.

Na mesma linha de pensamento, Ricardo Munir Nahas, ortopedista e traumatologista, coordenador do Centro de Medicina do Exercício e do Esporte do Hospital 9 de Julho-SP, esclarece que, via de regra, os pés são flexíveis. “Só há necessidade de palmilhas ou botas se um médico indicar. Alguns grandes atletas têm pisadas que não são neutras e não interferem no restante do corpo, assim como muitas pessoas que não são atletas vivem suas vidas tranquilamente com seu jeito de pisar.”

Os especialistas especificaram para o MdeMulher os cinco tipos mais comuns de pisada e que modelos de tênis são melhores para cada caso. Vamos lá!

Pisada neutra

Carolina Yukie Horita/MdeMulher

É a pisada em que a distribuição da carga é feita de maneira uniforme pelos pés. Começa com o calcanhar batendo no chão, passa por uma leve pressão na lateral externa e acaba dando a partida para o passo seguinte com uma forcinha no dedão e o apoio dos outros dedos. A parte de dentro dos pés (os chamados arcos internos) não encosta no chão.

Melhores modelos de tênis para a pisada neutra: Costuma se dar bem com todos os modelos de tênis. Os solados podem ser planos e simples e não precisam ter um sistema robusto de amortecimento.

Continua após a publicidade

Pisada pronada

Carolina Yukie Horita/MdeMulher

É a pisada para dentro. Nela, há uma sobrecarga na região interna dos pés. É mais comum em quem tem pés chatos.

Melhores modelos de tênis para a pisada pronada: Tênis de cano alto e com a parte traseira, que sobe do calcanhar, um pouco mais elevada. Um reforço na parte interna das palmilhas também é bem-vindo. Os modelos para basquete são boas pedidas.

Pisada supinada

Carolina Yukie Horita/MdeMulher

É a pisada com sobrecarga na parte externa dos pés, do calcanhar ao dedinho. Os arcos internos ficam altos e os joelhos, um pouco para fora.

Melhores modelos de tênis para a pisada supinada: Os que tenham um sistema de amortecimento e de absorção de impacto robusto em toda sua extensão. A parte externa das palmilhas e dos solados podem ser um pouco mais altas.

Pisada equina

Carolina Yukie Horita/MdeMulher

É a pisada que começa pela frente e em que a pressão maior é feita nos dedos dos pés. Normalmente é resultado do uso contínuo de sapatos de salto alto; quando a pessoa tira o salto, mantém a pisada porque não tem alongamento na panturrilha.

Melhores modelos de tênis para a pisada equina: Tênis com palmilhas elevadas na parte traseira e/ou solados mais altos do meio para trás (estilo salto anabela). Até 2 cm de elevação costumam garantir o conforto de quem tem pisada equina.

Pisada calcânea

Carolina Yukie Horita/MdeMulher

É a pisada que concentra uma força grande nos calcanhares e conclui o passo com uma espécie de batida plana do restante do pé no chão, sem aquela partidinha com o dedão que a pisada neutra tem.

Melhores modelos de tênis para a pisada calcânea: Aqueles com sistema de amortecimento e absorção de impacto concentrado no calcanhar. As palmilhas devem ter reforços na parte traseira do tênis.

Continua após a publicidade
Publicidade