Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

3 em cada 10 praias brasileiras são impróprias para banho

É o que revela um levantamento recém divulgado pela Folha de São Paulo.

Por Júlia Warken Atualizado em 20 jan 2020, 21h19 - Publicado em 6 fev 2017, 17h05

Que as paisagens são lindas, disso ninguém discorda, mas infelizmente a água do nosso litoral não faz jus à beleza da vista. É o que que revela um levantamento divulgado nesse domingo (5) pela Folha de São Paulo: 3 em cada 10 praias brasileiras são impróprias para banho atualmente.

Segundo o jornal, foram analisados dados de balneabilidade de 1.180 pontos de praias monitorados em 14 estados brasileiros. Desse total, 42% dos pontos foram classificados como “bons” ou “ótimos” para banho, 29% como “regulares” e 29% como “ruins” ou “péssimos”. Os dados foram captados durante três meses, em 2016.

No levantamento, a métrica utilizada para medir a qualidade da água é a mesma dos estudos federais, de acordo com a Folha. Uma praia é considerada própria para banho se não tiver registrado mais de mil coliformes fecais para cada 100 ml de água.

Rio de Janeiro
Clive Rose/Staff/Getty Images

Banhar-se em locais impróprios pode acarretar uma série de problemas de saúde, especialmente doenças gastrointestinais e dermatológicas – como micose. Há chance de contaminação mesmo em praias avaliadas positivamente, mas a incidência é menor.

A relação completa das praias avaliadas pode ser vista AQUI.

Continua após a publicidade
Publicidade