Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Vida de Malala, a garota que escapou da morte e virou heroína, será contada em documentário

Prevista para chegar nos cinemas ainda em outubro deste ano, a produção promete emocionar contando a história da mais jovem ganhadora do Nobel da Paz

Por Stephanie Bevilaqua (colaboradora) - Atualizado em 22 out 2016, 17h57 - Publicado em 24 jun 2015, 11h38

Uma história que merece ser contada: o documentário “He Named Me Malala”, ainda sem título em português, vai ilustrar a trajetória de Malala Yousafzai, umas das pessoas que mais marcaram as discussões de gênero do século. Não é à toa que ela é mais jovem ativista com influência em todas as partes. Quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, ela levantou a voz. A garota recusou o silêncio e lutou pelo seu direito à educação. Mas Malala pagou um preço alto. Levou um tiro na cabeça enquanto voltava da escola.

Depois de sobreviver ao atentado, ganhou força para continuar em busca de um mundo mais justo e igualitário. Hoje, já com 18 anos, ela é símbolo da valorização feminina e ganha nas telonas seu devido destaque! 

O documentário mostrará a relação dela com a família e seu cotidiano, o de uma adolescente normal. Em cena, ela faz brincadeiras com o irmão mais novo, joga carta e coleciona novidades sobre o seu ídolo, Roger Federer.

O estreia no exterior no dia 2 de outubro, e deve chegar às telas brasileiras em 19 de novembro. Confira o trailer: 

Continua após a publicidade

Vote nas candidatas ao Prêmio CLAUDIA 2015!

Publicidade