Smartphone pode aumentar risco de cegueira, diz estudo

Luz azul emitida por dispositivos digitais causa a morte das células da retina

Um estudo publicado na revista ‘Scientific Reports’ revela que a luz azul, emitida pelas telas de dispositivos digitais, é prejudicial à visão e pode matar as células da retina.

O fato de estarmos expostos a esses dispositivos constantemente preocupa os pesquisadores, já que a córnea e a retina são vulneráveis e não são capazes de bloquear a luz azul. A exposição prolongada a essa luz provoca a morte das células fotorreceptoras (sensíveis à luz), uma das causas da degeneração macular, que causa cegueira.

Os resultados do estudo foram baseados na análise de imagens de células vivas. O experimento revelou que a luz provoca alterações na membrana plasmática das células oculares, interrompendo suas funções. De acordo com os cientistas, a pesquisa conseguiu explicar como esses danos ocorrem, o que pode ajudar na criação de tratamentos capazes de retardar a degeneração macular.

Leia maisO creme hidratante que viralizou por ser barato e perfeito para o inverno

Os pesquisadores explicam que o contato da retina com a luz azul desencadeia reações que destroem as células da retina e, quando destruídas, elas não se regeneram. Os cientistas também descobriram que, em laboratório, a luz azul é capaz de causar a morte de células de outras partes do corpo, como as cardíacas e os neurônios, por exemplo.

“Ao aprender mais sobre os mecanismos da cegueira em busca de um método para interceptar reações tóxicas causadas pela combinação de luz azul e retina, esperamos encontrar uma maneira de proteger a visão das crianças que crescem em um mundo de alta tecnologia”, disse Karunarathne a Fox News.

Enquanto isso, os pesquisadores recomendam o uso de óculos com lentes que possam filtrar luz UV e luz azul, assim como evitar usar equipamentos eletrônicos no escuro, para diminuir os riscos de danos à visão.

Embora os cientistas tenham investigado os mecanismos pelos quais a luz azul pode prejudicar a visão, ainda são necessários mais estudos para medir o real impacto do uso desses dispositivos no surgimento de doenças.

Leia mais: Sogra de Sabrina Sato escolhe nome da neta enquanto pais não decidem

VOTE no Prêmio CLAUDIA e escolha mulheres que se destacaram

 

%d blogueiros gostam disto: