Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Shows de Taylor Swift no Rio de Janeiro começarão mais tarde

A medida é para evitar que fãs fiquem em exposição ao sol, há relatos de pessoas que sofreram queimaduras de segundo grau por conta disso

Por Da Redação
Atualizado em 19 nov 2023, 14h05 - Publicado em 19 nov 2023, 14h05

A T4F, produtora da turnê The Eras da Taylor Swift no Brasil, informou que as próximas apresentações da cantora no Rio de Janeiro terão início uma hora mais tarde, começando às 20h30. A artista de abertura, Sabrina Carpenter, agora se apresentará no primeiro horário, às 19h30, ao invés do horário anteriormente divulgado de 18h25.

A empresa aconselha que o público chegue mais próximo do horário de abertura dos portões para evitar longos períodos de exposição ao sol nas áreas externas do estádio. A notícia vem após o adiamento da apresentação Swift, que estava programado para sábado no estádio Nilton Santos. Isso aconteceu por conta da intensa onda de calor na capital fluminense, que registrou um recorde de temperatura anual atingindo 43,8°C, marcando o valor mais alto desde 2008. A sensação térmica alcançou 59,7°C.

Nas redes sociais, viralizam vídeos de fãs revoltados com o descaso da artista em adiar o show com o estádio lotado. Além do descontentamento de não poderem assistir à cantora, eles relataram também dores físicas decorrentes de queimaduras de segundo grau. No Engenhão, local dos shows, foi colocada uma estrutura metálica com a exposição solar que resultou nisso, segundo o público.

Imagens e reclamações tem tomado conta do Twitter, tanto que neste domingo (19), o Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou a criação de um canal exclusivo para denúncias de irregularidades relacionadas ao show de Taylor Swift no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro, ocorrido na sexta-feira.

Continua após a publicidade

Com a morte de uma fã e mais de 1.000 pessoas desmaiarem, os relatos incluem a exposição dos fãs a um calor extremo e alegações de proibição de acesso à água durante o evento. No dia do primeiro show da turnê, a sensação térmica no Rio atingiu 59.3°C, estabelecendo um recorde que foi superado no dia seguinte.

A Era Tour, até o momento, está sendo marcada por notícias bem preocupantes que nos fazem refletir sobre como o esquema de shows precisa ser repensado no Brasil por conta das mudanças climáticas, causadas pelo aquecimento global.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.