Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Quem foi Betty Wright, morta hoje aos 66 anos

Cantora contribuiu para formar o R&B nos Estados Unidos e influenciou nomes como Mary J. Blige e Beyoncé

Por Da Redação Atualizado em 10 Maio 2020, 13h19 - Publicado em 10 Maio 2020, 13h15

Morreu neste domingo (10), a cantora americana Bessie Regina Norris, conhecida como Betty Wright, aos 66 anos, em Miami. A morte dela foi confirmada por uma sobrinha, mas a causa não foi revelada. A saúde da cantora estava bastante frágil – na semana passada, a cantora Chaka Khan publicou em sua conta no Twitter pedidos de oração pela vida de Betty.

 

A carreira de Betty começou cedo. Aos 14 anos, ela lançou o primeiro álbum, My First time Around; aos 17, estreou seu primeiro grande sucesso, a música “Clean Up Woman”, que ficou em segundo lugar nas paradas de sucesso das canções Rhythm and Blues (R&B) por oito semanas. Depois dos primeiros sucessos, vieram muitos outros. Antes mesmo de completar 18 anos, já havia vendido um milhão de cópias de seu hit.

Com a composição da música “Where Is the Love”, ela ganhou o Grammy de canção R&B em 1974. Nesse período, fez aberturas dos shows do ícone do reggae Bob Marley e, em 1980, gravou uma canção de Stevie Wonder, “What Are You Gonna Do With It”, exclusiva para seu álbum. Nas décadas seguintes, não deixou de compor, gravar novos discos e se apresentar ao vivo. 

Nos anos 2000, Betty fez produção vocal de cantoras como Gloria Estefan, Jennifer Lopez e Joss Stone. Com essa última, foi indicada à categoria de melhor disco pop do Grammy em 2005 pela produção musical do álbum Mind, Body and Soul. 

O trabalho de Betty serviu de inspiração para diversos artistas do R&B. Trechos de “Clean Up Woman” foram usados em músicas de diversos artistas – a mais famosa é “Real Love”, da americana Mary J. Blige – e “Girls Can’t Do What Guys Do”, primeiro sucesso da cantora, aparece na música “Upgrade U” de Beyoncé. 

Ela deixa quatro filhos – ela teve um quinto, Patrick, morto a tiros aos 21 anos em 2005.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade