Por likes no Instagram, turistas nadam em “lago Chernobyl”

Turistas chegaram a ser hospitalizados após nadarem no falso balneário

Turistas foram hospitalizados depois de nadarem em um falso balneário conhecido como “Chernobyl da Galícia”. O lugar é conhecido por suas águas de tom azul-turquesa que possuem um segredo por trás de suas cores. 

Localizado no Monte Neme, na província de Corunha, na Espanha, o lugar possui águas que são uma combinação de agentes químicos de uma desativada mina de tungstênio. Segundo o jornal The Sun, pessoas que visitaram o falso balneário disseram ter ficado doentes após o contato com a água contaminada e relataram diarreia e vômito. 

VEJA os assuntos  que mais estão bombando nas redes sociais

Além deles, uma influenciadora conhecida como Uxia relatou ter tido uma séria reação alérgica na pele que durou duas semanas. As informações são de acordo com o site COPE, de La Coruña, na Espanha.

A história do lugar é bem antiga. Uma mina foi aberta durante a Segunda Guerra Mundial e ficou ativa até os anos 1980. Este lugar era utilizado para retirar o elemento tungstênio para fortalecer a blindagem dos veículos de combate das forças de Hitler. Mesmo depois do final da guerra, o local continuou a ser explorado comercialmente por empresas privadas.

View this post on Instagram

🦕🦕🦕

A post shared by M A R I Á N 🦋 S A M B A D E (@saaambade) on

Leia também: A primeira entrevista do ex-noivo da blogueira que morreu

CNN Brasil anuncia contratação de Mari Palma e Phelipe Siani

Relacionamento abusivo: saiba se você está em um no podcast Senta Lá, CLAUDIA

%d blogueiros gostam disto: