Piloto morre durante voo e copiloto faz pouso de emergência

Segundo a Infraero, o voo seguia de Barreiras, na Bahia, para Americana, em São Paulo

O piloto de avião Benedito Fernando Ricci, de 59 anos, morreu na manhã deste sábado (6) após desmaiar durante um voo entre a Bahia e São Paulo. O copiloto, Matheus Pasquotti, teve de assumir o comando da aeronave e fazer um pouso de emergência no aeroporto de Campo Grande.

Além do piloto e do copiloto, a aeronave, um bimotor King Air C90A, transportava um passageiro. De acordo com informações do G1, o voo seguia de Barreiras, na Bahia, para Americana, em São Paulo. No meio do percurso, o piloto teve um infarto. Matheus Pasquotti assumiu o comando do avião e, após pedir autorização à Infraero, o copiloto fez um pouso de emergência.

Leia mais: Horóscopo da semana de 8 a 14 de julho: cuidado com as frustrações

Ambulâncias foram deslocadas para a pista de pouso do aeroporto para socorrer o piloto. Mas, segundo a Infraero, quando a aeronave chegou ao solo, Benedito já estava morto.

O copiloto publicou uma homenagem ao amigo no Facebook. No post, ele conta que foram cinco anos voando juntos. “Me faltam palavras para descrever o que estou sentindo, descrever o que foram esses 5 anos voando juntos, bagunçando e dando muita risada!!!! Agradeço a Deus por ter conhecido um cara como você, amigo, companheiro, um piloto dedicado e que amava voar”.

Leia mais: 40 receitas de sopas, caldos e caldinhos para espantar o frio

Síndrome de burnout: Izabella Camargo conta a sua história no podcast “Senta Lá CLAUDIA”