Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Passagem do cometa Neowise poderá ser vista a olho nu nesta semana

É uma oportunidade única porque o cometa leva 6.800 anos para circular o Sol e voltar a ser visto da Terra. Nasa também estimou melhor horário para vê-lo

Por Da Redação - Atualizado em 20 jul 2020, 14h21 - Publicado em 20 jul 2020, 13h30

Para quem mora na região sudeste, quarta-feira (22) será dia de olhar para o céu. O cometa Neowise, descoberto pela Nasa em 27 de março, poderá ser visto pelos brasileiros, a olho nu e com grande nitidez. É uma rara oportunidade uma vez que a próxima “passagem” desse cometa pela Terra é calculada pelos astrônomos para daqui a 6.800 anos, que é o tempo que ele demora para dar uma volta completa em torno do Sol.

A aproximação máxima será na quinta-feira (23), quando chega a cerca de 103 milhões de quilômetros de distância. A passagem poderá ser acompanhada por vários dias, sendo que domingo (26) é apontado como o dia de maior nitidez para os moradores do sul do país.

O cometa Neowise visto na noite de 11 de julho de 2020, na Holanda. Sjo/Getty Images

O Neowise foi descoberto em março e foi batizado com o mesmo nome do telescópio espacial, lançado pela Nasa em 2009. A torcida por céu aberto é grande para que do Brasil também se possam fazer registros semelhantes aos que foram feitos do hemisfério norte. Lá, as fotos mostram com nitidez o corpo luminoso redondo acompanhado pela cauda brilhante atravessando os céus. Os cometas são compostos por um núcleo de gelo e o calor do Sol provoca a sublimação desse material, transformando-o de sólido em gasoso. O gás que sobe pela superfície do corpo dá a visão do brilho que rasga o céu em sua passagem. Quanto mais longe estiver do Sol, menos partes são desprendidas do cometa e menos visível ele fica. Por isso o cálculo de sua proximidade ser tão importante para a visão.

Segundo a agência americana, o cometa é agora é “um objeto noturno” passando cada vez mais alto no horizonte. Para quem está na cidade grande, onde há muitas luzes, a Nasa dá as dicas de usar binóculos. O cometa estará visível a partir do pôr-do-sol. Na quarta (22), estimam que o melhor horário seja entre as 23h e as duas da manhã da quinta (23), quando vai cruzar os céus do norte para nordeste.

Continua após a publicidade

 

Publicidade