Ex-preparador físico de Senna é preso por abuso sexual

Nuno Cobra, de 79 anos, agrediu uma apresentadora de TV. Em 2015, também violou uma mulher dentro de um avião

O ex-preparador físico do piloto Ayrton Senna, Nuno Cobra, de 79 anos, foi preso na tarde de hoje (11/9) suspeito de abusar sexualmente de uma mulher em agosto deste ano, informou o Ministério Público Federal (MPF).

Na ocasião, ele segurou nas nádegas de uma apresentadora de TV após uma entrevista. Em seguida, teve uma ereção, enquanto a mulher tentava se afastar. Após o caso, chegou a dizer que “era assim que se abraçava” alguém ao colega da profissional. Segundo declarou a assessoria de imprensa do MPF ao G1, Cobra foi preso “porque reiterou o mesmo crime denunciado em 2015”.

Na semana passada, a Procuradoria em São Paulo já tinha pedido sua condenação por outro crime de violação sexual, cometido durante um voo, em 2015. Como a agressão se deu no espaço aéreo, o caso ainda não foi julgado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s