CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Sem carro de aplicativo disponível, noiva dirige até o próprio casamento

Noivo chegou a pensar que a futura esposa tinha desistido de casar, enquanto a mesma tinha 20 chamadas canceladas pela Uber

Por Da Redação Atualizado em 18 out 2021, 21h04 - Publicado em 18 out 2021, 20h45

No sábado (16), a advogada Nathália Andrade, 34 anos, passou por um grande imprevisto na ida para o seu casamento. Após 20 tentativas recusadas para pegar um carro de aplicativo, a noiva teve que dirigir por 25 quilômetros até o local da cerimônia. O evento foi remarcado três vezes por conta da pandemia de Covid-19. 

Além da noiva, algumas madrinhas também tiveram problema com o aplicativo da Uber. Por conta do imprevisto, o casamento, que inicialmente começaria, às 17h, teve seu início às 18h20.

Veja também: O que a silhueta do seu vestido de noiva diz sobre você?

O tempo foi passando, e estava com previsão de chuva. Pedimos os carros, e os motoristas foram cancelando. Tanto no meu celular, como no [celular] das madrinhas e no da cerimonialista. Ninguém conseguia carro”, contou Nathália ao G1

No local, a apreensão tomou conta dos convidados e, principalmente, do noivo. “Todos já estavam no casamento. O meu noivo, Felipe Barbosa, já estava nervoso achando que eu havia desistido. Foi quando resolvi dirigir até a festa. Inseri o endereço no GPS e fui”, lembrou a noiva. 

Ao chegar finalmente no casamento, Nathália ainda chorou pelo imprevisto que teve de passar. “Eu estava muito eufórica, rindo de nervoso. Quando cheguei e vi meu pai lá, ele olhou para mim e falou: ‘minha filha, que loucura!’. Depois que passou tudo, vi meu esposo e comecei a chorar de tanto nervoso”, disse. 

Continua após a publicidade

O fotógrafo contratado para o casamento registrou a chegada da noiva de carro. Em uma das fotos, ela aparece conversando com o manobrista do restaurante onde aconteceu o casamento.

“Nem o manobrista acreditou que era eu mesma dirigindo. Eu disse: moço, pelo amor de Deus, eu preciso casar”, contou a noiva rindo de nervoso literalmente.

A emoção não para por aí! Nathália viveu esse momento grávida de três meses. Na celebração, ela e o marido ainda descobriram o sexo do bebê. 

Posicionamento da Uber

Questionada pelo G1 sobre as recusas dos motoristas, a Uber disse que os condutores são profissionais independentes e, assim como os passageiros, têm direito de recusarem as corridas quando acharem necessário. Mas, apesar disso, os motoristas são analisados e podem levar penalidades caso façam um número alto de recusas.

Continua após a publicidade

Publicidade