Mulher amamenta no chão de trem após passageiros negarem lugar

Acostumada a amamentar em público, a jovem diz que é a primeira vez que passa por uma situação do tipo

Uma jovem mãe foi forçada a amamentar no chão de um trem por não conseguir que os passageiros cedessem um lugar para ela se sentar. O caso ocorreu na última terça-feira (20), na Inglaterra.

Sophie Molineux, de 22 anos, estava viajando de Shropshire para Ludlow para um passeio em família com o parceiro, Rob Moore, e seu filho de um ano, Chester Moore. Ao embarcar no trem das 11h39, o casal percebeu que o veículo estava lotado e estranhou que nenhum dos 50 passageiros, incluindo os que estavam sentados nos assentos preferenciais, ofereceu um lugar para Sophie sentar com o bebê.

Veja o que está bombando nas redes sociais

Eles então ficaram em pé no corredor e alternaram quem segurava o filho durante o trajeto de 30 minutos. Até que Chester ficou com fome e Sophie precisou sentar-se no chão para amamentá-lo.

“Haviam assentos em ambos os lados, então todo mundo podia nos ver ali em pé e nenhuma pessoa se mexeu”, conta a jovem ao Mirror Online. “Chester está em uma idade em que ele deixa bem claro quando quer mamar, puxando minha blusa. Eu não podia negar.”

Sophie Molineux e Chester Moore

 (Kennedy News and Media/Reprodução)

Ela diz ainda que, apesar de não querer sentar no chão sujo, não possuía outra alternativa. “As pessoas passavam para ir ao banheiro e me viam amamentando, mas ainda assim não ofereciam uma poltrona. Apenas olhavam para mim e faziam uma cara de paisagem”.

“Não temos um carro, então sempre viajamos de transporte público. […] Eu amamento há um ano, é parte da minha rotina, mas nunca tive esse tipo de problema antes. Algumas pessoas podem dizer ‘por quê não deu uma mamadeira e deixou ele no carrinho?’, mas eu tive que tirá-lo do carrinho porque ele estava com fome”.

Acima de tudo, Sophie estava preocupada com a segurança do filho. “Eu tenho confiança em amamentar em público, mas provavelmente me sentiria mais desconfortável sobre a situação se meu parceiro não estivesse comigo. Apenas espero que as pessoas tenham um pouco mais de consideração no futuro. Dar o lugar para uma criança deveria ser senso comum”.

Leia também: Mulher vai ao hospital achando que tem pedra nos rins e sai com trigêmeos

+ Mulher é impedida de entrar em carro de aplicativo por causa do peso

PODCAST De onde tirar forças para enfrentar a dor