Justiça obriga mulher a continuar casada

Tini Owens alega, em entrevista, estar "desesperadamente infeliz por muitos anos", porém, conforme as leis britânicas, o pedido foi negado

Após entrar com um pedido de divórcio para se separar do seu marido, Tini Owens, 68 anos, teve sua ação negada pela justiça britânica.

Casada há 40 anos com Hugh Owens, a mulher alega a BBC News estar “desesperadamente infeliz por muitos anos”, porém, conforme as leis britânicas, o pedido só pode ser autorizado se a pessoa comprovar que uma das partes cometeu traição, um comportamento incoerente ou de abandono.

Assim sendo, como Hugh negou o pedido de divórcio, Tini terá que permanecer casada com o homem, porém ela pode ficar separada dele por cinco anos para conseguir se divorciar oficialmente.

Pais de dois filhos adultos, Tini está vivendo em outra casa desde 2015 e afirma que o comportamento do marido não é “razoável” e que “não pode continuar seguindo com sua vida em frente” por conta de seu matrimônio.

A respeito das alegações da sua esposa, Hugh afirma que sua motivação está sendo feita por conta de um possível “caso” ou por que ela ficou “entediada”.

Leia também: Mãe brasileira e filha de 4 anos de férias morrem ao cair de janela

A casa que a Rainha Elizabeth II deu de presente para Meghan e Harry

Já votou no Prêmio CLAUDIA? Escolha mulheres que se destacaram