Jovem acusa PMs de estupro dentro da viatura, em Praia Grande

Imagens de câmeras de segurança comprovam a versão da jovem de 19 anos

Um vídeo gravado por câmeras de segurança confirma que uma jovem de 19 anos foi estuprada por dois policiais dentro de uma viatura na Praia Grande. As imagens mostram um dos policiais acusados entrando no banco de trás da viatura junto com a vítima.

Os PMs haviam relatado à Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo que ambos teriam ido nos bancos da frente do veículo. Além do vídeo, um laudo técnico pericial apontou indícios de violência sexual contra a vítima. 

“Muitas pessoas duvidaram que eu havia sido vítima de uma violência sexual. Depois do vídeo e de todas as provas, agora a maioria passou a acreditar em mim. Ainda assim, existem pessoas que acham que é mentira, mesmo com todas as provas”, explicou a vítima em entrevista ao G1.

 (Reprodução/Reprodução)

Os PMs envolvidos no caso foram presos preventivamente na última quinta (27) e levados ao Presídio Romão Gomes, na capital paulista.

O caso

A jovem de 19 anos conta que estava voltando de ônibus da festa de uma amiga, no dia 12 de junho, e perdeu o ponto de descida em São Vicente, cidade onde mora, então teve de descer em Praia Grande. Ela pediu ajuda a dois policiais, perguntando onde encontrava um ponto do ônibus e eles a ofereceram carona até o Terminal Rodoviário Tude Bastos, na mesma cidade, afirmando que seria mais fácil para ela conseguir pegar um ônibus.

Ela relata que sentou no banco de trás da viatura e um dos policiais sentou ao seu lado. Ele, então, começou a puxar seu cabelo para que ela o beijasse e momentos depois a estuprou.

“Me deixaram na rodoviária como se nada tivesse acontecido. Ele ainda teve coragem de perguntar se estava tudo bem. Eu só queria ir embora”, disse a jovem.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Mulher de Praia Grande e pela Corregedoria da PM, que instaurou um Inquérito Policial Militar (IPM). Além disso, a Polícia Civil afirma que todas as circunstâncias relativas aos fatos são apuradas.

Leia mais: MP cogita pedir exame psicológico de Najila em Caso Neymar

+ Por força de explosão, criança é arremessada de prédio em Curitiba

Vote e escolha as vencedoras do Prêmio CLAUDIA