Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

João de Deus não deve se apresentar antes das 20h de hoje, diz delegado

Corporação segue negociando com a defesa a apresentação do médium

Por Da Redação - Atualizado em 15 dez 2018, 13h31 - Publicado em 15 dez 2018, 13h30

Após a informação de que o prazo para João de Deus se entregar acabaria às 14h deste sábado, o delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, afirmou que a corporação segue negociando com a defesa a apresentação do médium, mas que isso não deve acontecer antes das 20h de hoje (15).

Leia mais: Governo dos EUA faz alerta sobre João de Deus a americanos

De acordo com o delegado, João de Deus não é considerado foragido, pois não há prazo no mandado de prisão para que ele se entregue e porque existe a negociação com a defesa para o cumprimento da ordem. Nesta sexta, ele havia dito que esperava que isso ocorre até o meio-dia deste sábado.

“Para a Polícia Civil do Estado de Goiás, só falta definir o horário e o local. [Sobre horário] Aí eu não posso te definir, vai depender mais do contato que nós vamos fazer, mais no início da noite”, afirmou o delegado à TV Anhanguera.

Continua após a publicidade

No entanto, ainda segundo Fernandes, equipes seguem procurando pelo médium independentemente das negociações.

Denúncias

Desde o dia 10, quando foi criado o e-mail para recebimento de denúncias de vítimas, um total de 335 mensagens e contatos por telefone foram atendidos. O e-mail específico para essa finalidade é o denuncias@mpgo.mp.br. Os atendimentos são de denunciantes de Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Pernambuco, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Pará, Santa Catarina, Piauí e Maranhão.

Leia também: Ministérios Públicos criam canais exclusivos para denúncias contra João de Deus

+ Filha de João de Deus diz a VEJA que foi abusada desde os 10 anos

Publicidade