Irmãs unidas pela cabeça passam por terceira cirurgia de separação

Procedimento foi realizado no Hospital das Clínicas da USP de Ribeirão Preto

Nascidas há dois anos com as cabeças ligadas, as gêmeas cearenses Maria Ysabelle e Maria Ysadora passaram neste sábado (4) pela sua terceira cirurgia de separação.

O objetivo do procedimento é, justamente, separar os cérebros das duas. O caso foi formado pela equipe de 25 profissionais da área de saúde, entre eles, neurocirurgiões, cirurgiões plásticos, enfermeiros e técnicos que operam os aparelhos de microscópios e de imagem. A operação aconteceu no Hospital das Clínicas da USP de Ribeirão Preto e durou sete horas.

Segundo entrevista divulgada pela Folha de S.Paulo, os neurologistas Hélio Rubens Machado, do Hospital das Clínicas, e o americano James Goodrich, do Montefiore Medical Center em Nova York, que veio ao Brasil acompanhar a operação, as duas estão com os cérebros separados. Eles esperam os exames para confirmarem a suposição.

Ainda segundo o veículo, as meninas passam por uma cirurgia plástica no momento, porém caso ocorra tudo bem, a quarta operação, programada para novembro, propõe reconstituir a cabeça e a pele das bebês.

Leia também: Em seu 1º aniversário como duquesa, Meghan ganha presente adiantado

O que mais interfere na sua felicidade?

VOTE no Prêmio CLAUDIA e escolha mulheres que se destacaram