Imagens inéditas mostram destroços do Titanic nas profundezas do oceano

Pela primeira vez em 14 anos são divulgados fotos e vídeos do atual estado de deterioração do navio

Catorze anos se passaram desde a última vez que foram divulgadas fotos dos destroços do Titanic. Agora, uma nova viagem ao local do naufrágio resultou em imagens inéditas do que restou do navio mais famoso do mundo.

Com um veículo submersível construído para tarefas do tipo, o explorador Victor Vescovo e seu time mergulharam cinco vezes nas águas do Oceano Atlântico, indo a 3.810 metros de profundidade para capturar fotos e vídeos do barco.

Veja o que está bombando nas redes sociais

“É grande. É um naufrágio grande. Eu não estava completamente preparado para o tamanho. E daí apareceu no sonar, era realmente notável”, disse Vescovo.

Além de registrar o estado de deterioração do navio, a equipe também fez mensurações com luz da estrutura. O material auxiliará na construção de modelos 3D para plataformas de realidade virtual. Além disso, ajudará cientistas a elaborar previsões de como continuará a decomposição dos destroços, causada por bactérias.

“O momento mais fantástico foi quando eu estava ao lado do Titanic; as luzes fortes do submersível refletiram-se em um portal, era como se o barco estivesse piscando para mim”, completou o explorador.

Transportando 2.223 passageiros, o Titanic afundou no dia 15 de abril de 1912, poucas horas após colidir com um iceberg. 1.517 pessoas morreram na tragédia.

Confira o vídeo dos destroços:

Leia também: A emocionante história do cãozinho protagonista de ‘A Dama e o Vagabundo’

+ Blogueira faz maquiagem contra incêndio na Amazônia, mas vira piada

PODCAST De onde tirar forças para enfrentar a dor