Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Fundador do Cirque Du Soleil é preso por plantar maconha

Justiça tenta determinar se Guy Laliberté tem envolvimento com o tráfico

Por Da Redação Atualizado em 17 fev 2020, 11h37 - Publicado em 13 nov 2019, 11h17

Guy Laliberté, fundador do Cirque du Soleil, foi detido na última terça-feira (12) por cultivar maconha em seu atol particular (uma espécie de ilha oceânica em formato de anel) na Polinésia Francesa, de acordo com o informado pela Promotoria de Papeete à AFP.

O investidor compareceu voluntariamente a uma delegacia após pedido das autoridades. A justiça tenta determinar se a droga é ou não destinada ao tráfico. A audiência deve ocorrer nesta quarta-feira (13).

Não perca o que está bombando nas redes sociais

A empresa do investidor, Lune Rouge, nega qualquer envolvimento de Laliberté com o tráfico. “Guy Laliberté se dissocia completamente de qualquer boato que o envolva, de perto ou de longe, na venda ou tráfico de entorpecentes”, afirma em comunicado divulgado. O texto ainda alega que o investidor faz uso da maconha para “fins medicinais e estritamente pessoais”.

Ainda de acordo com a AFP, a maconha é cultivada em um contêiner trancado a chave no atol de Laliberté. Há algumas semanas, a polícia já havia interrogado um amigo do bilionário canadense por posse de droga e encontraram fotos das plantações em seu celular.

Leia também: Homem se passa por Leonardo Di Caprio e dá golpe em senhora

+ Rodrigo Bocardi faz ponte de emprego para mulher desempregada ao vivo

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?

Continua após a publicidade
Publicidade