Explosões atingem duas igrejas coptas no Egito

Ao menos 36 pessoas morreram após explosões em igrejas coptas egípcias no Domingo de Ramos

Na manhã de domingo (9), explosões atingiram duas igrejas no norte do país quando os coptas – a minoria cristã de egípcios cujos ancestrais aderiram ao cristianismo no século I – celebravam o Domingo de Ramos.

Segundo a BBC, uma das explosões aconteceu em Alexandria, do lado de fora da igreja de São Marcos, e matou 11 pessoas. Outra aconteceu dentro da igreja de St George, na cidade de Tantra, que fica a aproximadamente 100 quilômetros ao norte do Cairo, matando pelo menos 25 pessoas. Até o momento, são mais de 80 feridos.

Os ataques ocorreram apenas 20 dias antes da primeira visita do papa Francisco ao país e ao Oriente Médio e, ainda segundo o grupo britânico, é possível que tenham sido executados pelo grupo Estado Islâmico (EI).

Autoridades da região realizam uma procura por mais explosivos que possam estar nas proximidades.