CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Explosões atingem duas igrejas coptas no Egito

Ao menos 36 pessoas morreram após explosões em igrejas coptas egípcias no Domingo de Ramos

Por Roberta Tinti 9 abr 2017, 10h28

Na manhã de domingo (9), explosões atingiram duas igrejas no norte do país quando os coptas – a minoria cristã de egípcios cujos ancestrais aderiram ao cristianismo no século I – celebravam o Domingo de Ramos.

Segundo a BBC, uma das explosões aconteceu em Alexandria, do lado de fora da igreja de São Marcos, e matou 11 pessoas. Outra aconteceu dentro da igreja de St George, na cidade de Tantra, que fica a aproximadamente 100 quilômetros ao norte do Cairo, matando pelo menos 25 pessoas. Até o momento, são mais de 80 feridos.

Os ataques ocorreram apenas 20 dias antes da primeira visita do papa Francisco ao país e ao Oriente Médio e, ainda segundo o grupo britânico, é possível que tenham sido executados pelo grupo Estado Islâmico (EI).

Autoridades da região realizam uma procura por mais explosivos que possam estar nas proximidades.

Continua após a publicidade
Publicidade