Garotinha pede camisetas de heróis e presidente da marca responde

A pequena Alice Jacob enviou carta a GAP solicitando mais camisetas legais para meninas, sem diferenciação de gênero por estampa

No começo deste mês, a pequena Alice, 5 anos, chamou a atenção de todos ao questionar, por carta, a marca de roupas GAP por disponibilizar estampas de super-heróis e da franquia Star Wars apenas em peças voltadas para o público masculino. O caso repercutiu e chegou aos ouvidos do CEO da marca, que atendeu ao pedido da menina solicitado na mensagem.

Na carta, a filha da escritora e cientista política norte-americana Beth Jacob pede que a fabricante de roupas produza mais “camisetas legais para meninas” e, se possível, deixe de segmentar suas peças por gênero.

“Querida Gap,

Meu nome é Alice Jacob e eu tenho quase 5 anos e meio. Eu gosto de camisetas legais, como as do Super-homem e as do Batman; como as de carros de corrida, também. Todas as suas camisetas de meninas são rosas, de princesas ou algo parecido. As camisetas dos meninos são realmente legais. Os garotos têm Super-homem, Batman, rock and roll e esportes. E quanto às garotas que curtem coisas como essas, como eu e minha amiga Olivia? Vocês poderiam fazer algumas camisetas legais para garotas, por favor? Ou: vocês poderiam fazer uma seção ‘não meninos ou meninas’ – apenas uma seção para crianças?

Obrigada,

Alice Jacob”

View this post on Instagram

Ready for action! #IAmGap Link in bio.

A post shared by GapKids (@gapkids) on

Depois de Beth escrever sobre a carta da filha no The Washington Post, um funcionário da GAP encontrou informações sobre a escritora na rede social LinkedIn e explicou que a companhia não estava conseguindo encontrar a carta original da garota.

Com a ajuda de Beth, mensagem foi localizada e, pouco tempo depois, Alice recebeu um email do CEO e presidente da Gap, Jeff Kirwan.

Leia mais: Filha inspira mãe a criar uma linha de roupas sem gênero

Na mensagem escrita por Kirvan, divulgada pelo Huffington Post, na última terça-feira (28), o executivo disse que Alice parecia ser uma “menina muito legal e muito estilosa”.

“Em GapKids, nós sempre tentamos oferecer uma variedade de estilos e opções para meninos e meninas. Isso inclui camisetas femininas com estampas de dinossauros, caminhões de bombeiros, tubarões, futebol e alguns de nossos super-heróis. Nossa última coleção Disney, ‘Beauty and the Beast’, inclusive, diz respeito a força e bravura de meninas e isso é algo realmente importante para nós.

Mas você está correta. Eu acho que podemos melhorar e apresentar mais opções que satisfaçam a todos. Eu conversei com nossos designers e estamos trabalhando para oferecer produtos mais divertidos que eu acho que você vai gostar.”

No fim do email, Kirwan avisou, ainda, que estava enviando alguma das camisetas favoritas de Alice – incluindo a que tem a estampa da personagem Rey, protagonista dos novos filmes da saga Star Wars – e pediu para que ela respondesse o que achou da resposta enviada e dos presentes.

Em nova troca de emails, Alice contou que ficou contente com o feedback da GAP. “Obrigada pelas roupas e pela carta (…) Isso me fez muito bem. A camiseta da Rey é bem legal. Vou vesti-la amanhã, para ir à escola”.

Leia mais: 5 filhos de pessoas famosas que quebram os padrões de gênero

Para a mãe de Alice,  a resposta da Gap foi um tanto surpreendente. Porém, ela ressalta que o importante, em sua opinião, não é dar presentes às crianças, mas garantir que suas vozes sejam ouvidas pelos adultos.

“Não se trata apenas de camisetas, trata-se? Você e eu, nós temos a oportunidade de mostrar às crianças que grandes transformações começam com pequenas mudanças“, escreveu Beth ao executivo.