CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

4 filhos de famosos que quebram os padrões de gênero

Os pais respeitam as escolhas e os deixam livres para escolher como preferem se vestir

Por Redação CLAUDIA Atualizado em 11 ago 2018, 20h45 - Publicado em 10 ago 2018, 14h31

Alguns filhos de famosos quebram padrões sociais, do modo de se vestir até o próprio gênero, e têm o total apoio dos pais!

Confira quatro deles:

Shiloh Jolie-Pitt (Angelina Jolie)

https://www.instagram.com/p/BlBYaaThOZk/?taken-by=angelinajolieofficial

A filha de Angelina Jolie e Brad Pitt, Shiloh Jolie Pitt, apareceu em um evento público com um estilo mais masculino. Há alguns anos, Angelina disse à revista Vanity Fair que eles (Angelina e Brad) não tiveram problemas com o estilo e a aparência da garota.

Willow e Jameson (P!nk)

View this post on Instagram

Walking into the venue today. 💕💕💕

A post shared by P!NK (@pink) on

A cantora pop P!nk já alegou que cria os dois filhos, Willow e Jameson, sem distinções de gênero. 

Continua após a publicidade

Otis e Daisy (Olivia Wilde)

View this post on Instagram

We wrote a note to the young activists from Parkland, thanking them for their courage and conviction. They, and all their brave, formidable peers across the nation, are fighting so Daisy won’t have to. I am here to serve their mission in whatever way I can. First stop: voting booth. #VoteThemOut #MarchForOurLives

A post shared by Olivia Wilde (@oliviawilde) on

A atriz Olivia Wilde já afirmou midiaticamente que não acha importante que seus filhos façam distinções entre atividades, livros ou qualquer coisa destinada a “meninos” ou “meninas”.

Jaden Smith (Jada Smith)

View this post on Instagram

New episode of #RedTableTalk is up this morning and my baby @c.syresmith joins us at the table to talk parenting and dealing with parents. I hope you’ll join us too ✨

A post shared by Jada Pinkett Smith (@jadapinkettsmith) on

Jada Smith, esposa de Will Smith, contou que, quando Jaden Smith, seu filho, foi convidado para fazer a campanha feminina da Louis Vitton – que pautava a moda fluida de gênero – Will Smith não ficou seguro. “Ele dizia ‘não, meu filho não tem que estar em uma propaganda da Louis Vuitton usando saias… Espere. É uma boa ideia?”, contou em seu podcast Red Table Talk. De acordo com ela, Will se sentiu desconfortável na época, afinal a sociedade impõe uma masculinidade exacerbada aos homens.

VOTE no Prêmio CLAUDIA e escolha mulheres que se destacaram 

 

Continua após a publicidade

Publicidade