Bebê sequestrado por mulher é encontrado e devolvido à família

Eliane Antônia de Oliveira, de 47 anos, alega ter perdido um filho um mês antes

Um recém-nascido que foi levado do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip) em Recife, no sábado (20), foi encontrado pela Polícia Civil e entregue à mãe. A mulher que o sequestrou foi presa.

A criança, identificada como Gabriel, foi localizada na casa de Eliane Antônia de Oliveira, de 47 anos, no bairro de Afogados, na Zona Oeste da capital, na noite de ontem (21). Segundo a investigação, ela se passou por paciente para entrar no hospital e levar o bebê.

Os investigadores apontam que Eliane alegou ter perdido um filho no mês anterior e, por isso, ficou deprimida. Ao ver a criança sem a mãe, resolveu levar o menino. O caso está sendo tratado pela Polícia Civil como sequestro.

De acordo com os policiais, na casa de Eliane todo o quarto estava montado para a criança. A mulher foi flagrada pelas câmeras de segurança do hospital e reconhecida por outras mães. A denúncia que levou a polícia ao local onde o bebê estava escondido foi anônima.

Eliane foi identificada pelas câmeras do hospital

Eliane foi identificada pelas câmeras do hospital (TV Globo/Reprodução)

A mãe, Luana Maria da Silva, de 30 anos, recebeu de volta seu filho na noite domingo, cerca de 40 minutos após ser localizado. A Polícia Civil informou que ela o amamentou na hora e os dois voltaram para o Imip. Em nota, o instituto informou que a criança está bem e tem quadro de saúde estável. O hospital também está investigando o caso.

Gabriel nasceu no dia 4 de abril, aos oitos meses de gestação. A gravidez, segundo conta Luana ao G1, era de risco, já que sofria de pré-eclâmpsia e pressão arterial alta. Os médicos do Imip decidiram fazer, então, uma cesariana de emergência. O bebê estava internado para ganhar peso.

Luana alega que deixou seu filho sob os cuidados de outra mãe em um dos quartos para acalmar o marido, que tinha se envolvido em uma confusão com os seguranças do hospital.

Leia mais: Comissária acalma menino autista em voo e recebe gratidão comovente da mãe

Caso Madeleine McCann pode ter reviravoltas avisa investigador

Siga CLAUDIA no Youtube