4 séries que ganharam o Emmy no domingo e merecem ser vistas

Tudo bem que só se falava em Game of Thrones, mas tem outras séries que vale a pena serem vistas

Tudo começa no tapete vermelho com os vestidos deslumbrantes e as perguntas pouco estimulantes para as mulheres, mas, dentro da festa a produção cultural americana de qualidade é exaltada. Não sou muito fã de Game of Thrones, então não dei bola para o grande prêmio da noite, mas outros campeões tiveram seu talento e trabalho reconhecidos. São séries menos famosas no Brasil, mas com histórias intrigantes e que garantem a dose de emoção no dia. Escolhi quatro que merecem sua atenção.

Veep
Esse é o quinto Emmy de melhor atriz em série de comédia para Julia Louis-Dreyfuss só por seu papel em Veep. Ela já tinha sido premiada por seu trabalho em Seinfeld e The New Adventures of Old Christine. Veep, exibida pela HBO, é uma sátira à política norte-americana (mas serve para vários lugares do mundo). Louis-Dreyfuss é Selina Meyer, senadora que se torna vice-presidente na primeira temporada. Logo depois de assumir, ela descobre que o cargo e suas funções divergem muito das expectativas que ela tinha. Mas, como a política nunca para, ela precisa manter as aparências do seu trabalho. Meyer obviamente não estava preparada para a função e suas trapalhadas garantem a risada. Para evitar spoilers, coloco aqui o trailer da primeira temporada, mas já está disponível até a quinta. Corre atrás que vale a pena.

 

 

 

Mr. Robot
Outro reconhecimento de melhor ator, dessa vez para Rami Malek no gêmero dramático. Ele é um discreto engenheiro de segurança (TI) de uma corporação, mas à noite revela sua outra faceta: ele é hacker de vigilância. E antes que você já venha com aquela ideia de que hacker é vilão ruim, saiba que hackers não são nada disso. Há quem use seu conhecimento pro mal (até aí, em todas as profissões), mas há aqueles que usam para proteger os outros. Ele meio que tem esse sonho de ser um Robin Hood moderno, mas começa a ser perseguido. O diretor é o mesmo de Millennium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres. O que isso quer dizer? Que a dose de suspense e angústia é certa. Enfim, vale ver porque faz a gente repensar muita coisa da vida moderna, tipo a exposição a que estamos sujeitos, aos nossos dados que são facilmente acessados… Essa é para colocar a cabeça para pensar. O Space Go passa no Brasil.

 

 

 

Transparent
Uma das minhas séries favoritas de todos os tempos e foi por seu trabalho extraordinário nela que Jeffrey Tambor recebeu o Emmy de melhor ator em série de comédia. Você deve lembrar dele de Arrested Development, mas agora ele interpreta um pai de família que, após criar os três filhos e separar-se da mulher, decide assumir sua transexualidade. O processo é traumático no início: os filhos descobrem antes que ele possa contar pessoalmente. Enquanto isso, ele está aprendendo mais sobre seu corpo e as transformações que ele está passando no visual e em suas relações. A ex-mulher e mãe das crianças também participa do processo e ajuda os filhos a serem mais compreensivos. As histórias paralelas revelam as vidas confusas dos filhos – tramas tão intensas que é impossível que a série caia no tédio. A produção é da Amazon, que tem um serviço de streaming lá fora e, pelo que eu sei, dá para comprar cada temporada aqui no Brasil. Já está na terceira temporada.

 

 

 

Jessica Jones
Gosta de ação? Gosta de empoderamento feminino? Gosta de mulheres super-heroínas? Essa é a sua série. Lançada no ano passado, Jessica Jones tem tudo que uma boa série precisa: mistério, ótimo roteiro, personagens complexos e uma história viciante. A trilha sonora também é bem boa e foi pela música de abertura que a trama foi premiada neste Emmy. Estrelada por Krysten Ritter, conta a história de Jessica, essa menina confusa que tem uma força física extraordinária, mas não consegue lidar muito bem com suas emoções e traumas passados. Jessica trabalha como detetive particular para garantir seu sustento e até aparecem uns malucos, mas o vilão de verdade é poderoso e muito cruel. É a distração ideal para noites em casa depois do trabalho. Dá para ver na Netflix.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s