Assine CLAUDIA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Tudo sobre os looks de Taylor Swift para a ‘The Eras Tour’

Desvendamos as principais produções dos shows da tão aguardada turnê, que chega ao Brasil em novembro deste ano

Por Adriana Marruffo
12 jun 2023, 09h54

Taylor Swift quebrou a internet brasileira ao anunciar shows da sua The Eras Tour no Brasil. As datas latino-americanas geraram expectativas durante os sete meses após o anúncio de suas performances nos Estados Unidos, mas já estão confirmadas para novembro: dia 18/11 no Rio de Janeiro e nos dias 25/11 e 26/11 em São Paulo.

Muitos de nós, mortais, que só iríamos acompanhar as performances, os looks e os convidados via redes sociais, agora podemos sonhar com um pedacinho dessa pista, para dançar e cantar com a artista.

E como tudo na carreira de Taylor, a The Eras Tour vem colecionando recordes de público (e de caos também). Em uma das pré-vendas norte-americanas, o site da Ticketmaster saiu do ar por conta da demanda extraordinária, forçando a plataforma a cancelar algumas vendas e abrir uma segunda leva de ingressos. Algo passível de acontecer por aqui, convenhamos.

Apesar disso, a turnê tem viralizado nas redes sociais devido à excentricidade que envolve o espetáculo. Cada show dura três horas, tem convidados especiais e um repertório de figurinos de suspirar. Por isso, fomos investigar os melhores looks da The Eras Tour. Veja só:

View this post on Instagram

A post shared by Donatella Versace (@donatella_versace)

Cada uma das roupas representa fielmente cada uma de suas eras diferentes. Swift abre o show com Lover, álbum lançado em 2019, usando um body cristalizado rosa e azul (foto acima), confeccionado por Donatella Versace, e um par de botas brilhantes nas mesmas tonalidades, de Christian Louboutin. São três trocas nessa primeira parte, seguindo a temática “muito brilho”, sempre com participação da Versace. Em performances mais recentes, ainda mostrou uma variação com franjas roxas. 

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Roberto Cavalli (@roberto_cavalli)

O bloco seguinte dá espaço para Fearless, seu segundo álbum de estúdio. O look mais marcante é, por certo, o vestidinho de franjas douradas, assinado por Roberto Cavalli. A peça dá movimento e é um referência fiel aos figurinos já usados pela cantora, em especial durante a turnê do álbum Speak Now, em 2011. Um par de botas altas ultra brilhantes finaliza a estética.

View this post on Instagram

A post shared by Taylor Nation (@taylornation)

Apesar de ser um dos álbuns mais vendidos de Swift que, inclusive, contará com uma regravação a ser lançada no dia 7/7 o bloco de Speak Now conta apenas com uma música. Porém, é nessa hora que ela usa um dos figurinos mais surpreendentes da turnê. Ao cantar Enchanted, Taylor sobe ao palco com um longo vestido de baile da Nicole + Felicia Couture, cheio de cristais e feito sob medida para a ocasião (também em duas opções, uma creme e outra roxa, mais fiel às cores do álbum).

View this post on Instagram

A post shared by The Eras Tour (@taylorerastour)

Continua após a publicidade

Já na parte de Evermore, vemos algo mais esvoaçante. O chiffon alaranjado com corset e bordados da Etro, de Marco Vicenzo, nos faz sonhar acordadas. Ao cantar “Willow”, Taylor adiciona uma capa de veludo verde da mesma marca. 

View this post on Instagram

A post shared by Roberto Cavalli (@roberto_cavalli)

Chegando ao sexto álbum, Reputation, Taylor usa o figurino como uma certa resposta a todos os haters que enviaram emojis de cobra para ela decorrente das polêmicas envolvendo Kim Kardashian e Kanye West. “Eu queria enviar uma mensagem para todos que se alguém usa xingamentos para te intimidar nas mídias sociais, isso não tem que te afetar”, disse Swift no palco durante a noite de abertura. Assim, optou por ressignificar a ofensa e usar um macacão preto assimétrico, também de Roberto Cavalli, com detalhes de cobra vermelha. A era continua sendo a única da turnê que, até o momento, não teve uma mudança de visual.

View this post on Instagram

A post shared by Roberto Cavalli (@roberto_cavalli)

O álbum 1989 teve novamente Roberto Cavalli por trás da composição visual (foto acima). Taylor usou um conjunto de duas peças, uma combinação de top e saia, na tonalidade roxa clara com pedrarias. Já a era Folklore, contou com peças realizadas por Alberta Ferretti (ela tem alternado com outro vestido da Etro), um vestido roxo fluído, que dá uma sensação de movimento maravilhosa (foto abaixo).

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Alberta Ferretti (@albertaferretti)

Os figurinos da parte de Red são os mais simples, mas o que guardam mais significados entre os fãs da cantora. Para cantar o hit 22, ela recriou o look usado no videoclipe e vestiu uma camiseta com a famosa frase “a lot going on at the moment”. Neste bloco, Swift também usa um body brilhante nas cores vermelha e preto (abaixo).

View this post on Instagram

A post shared by The Eras Tour (@taylorerastour)

Em Midnights, último álbum lançado, Taylor usa um body Oscar de la Renta com 5.300 cristais, que levou 315 horas de confecção. Ela abre usando um casaco lavanda para cantar a música “Lavender Haze”, logo em seguida, usa outro body de cristais, dessa vez azul. A última música do show é “Karma” e, para interpretá-la, a artista adiciona uma jaqueta arco-íris com babados em cima do body brilhante, tendência que tem inspirado diversos fãs para seus looks especiais da turnê.

View this post on Instagram

A post shared by Oscar de la Renta (@oscardelarenta)

Continua após a publicidade
View this post on Instagram

A post shared by Oscar de la Renta (@oscardelarenta)

“The Eras Tour” no Brasil – O que esperar?

View this post on Instagram

A post shared by Taylor Swift (@taylorswift)

A The Eras Tour chega ao Brasil em novembro, no Rio de Janeiro e em São Paulo. A cantora virá com sua performance de três horas que reúne uma coletânea dos melhores hits da carreira de Taylor, desde seu primeiro álbum até o mais recente, lançado no ano passado.

Além disso, a equipe de Swift irá trazer a cantora Sabrina Carpenter como convidada especial para realizar todos os shows de abertura na América Latina.

Continua após a publicidade

Seu tempo no palco é dividido em 11 atos, fazendo menção ao que os fãs da cantora apelidaram de “Eras”, ou seja, os períodos de sua carreira marcados por cada álbum.

As vendas contaram com três etapas: no dia 06 de junho, iniciaram as vendas para quem já possuía ingressos para a “Lover Fest”, turnê de Swift que deveria ter ocorrido em 2020, mas foi cancelada devido à pandemia da Covid-19. A segunda etapa foi a pré-venda para usuários do C6 Bank, no dia 09. 

Além disso, a artista surpreende os fãs todas as noites com duas músicas surpresas, que variam a cada show. Diversos fãs têm montado listas nas redes sociais para registrar quais já foram inseridas no setlist e tentam adivinhar as próximas.

As performances contam com palcos excêntricos, desde a possibilidade de Taylor Swift mergulhar, até uma dança cativante durante a performance de Vigilante Shit. Agora é esperar para ver!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

O mundo está mudando. O tempo todo.
Acompanhe por CLAUDIA e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.

Acompanhe por CLAUDIA.

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 12,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.