Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

De vendedora à top model: confira a história inspiradora de Rita Carreira

A modelo criou um workshop para encorajar pessoas gordas no ambiente de trabalho

Por Ana Carolina Pinheiro Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 28 set 2020, 00h36 - Publicado em 16 out 2019, 18h48

Um convite para acompanhar a irmã no trabalho. Foi assim o início da história de Rita Carreira no universo da moda. Na ocasião, Rita escutou da diretora do Fashion Week Plus Size, primeiro evento voltado para esse segmento, que deveria investir na profissão de modelo. “Meu Deus, essa mulher tá louca. Eu, modelo, como assim?”, brinca Carreira.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Agora, nas passarelas da 48ª Semana de Moda de São Paulo, a agenciada da FORD Models está mais do que inserida, afinal, são três desfiles em que a modelo foi escalada: Cavalera, Handred e Isaac Silva. Porém, as coisas não começaram de um jeito fácil para ela. “Sempre fui diferente, única modelo negra Plus Size. Mesmo sendo boa no que fazia, as marcas não me contratavam. Por mais que me deixasse triste, ficava instigada para fazer diferente”, revela.

O caminho no mundo da moda começou há dez anos, mas Rita só começou a viver exclusivamente como modelo há quatro. Antes, ela chegou a ser corretora de seguros e vendedora. Para a modelo, a consolidação na sua carreira também está ligada à sua coragem de falar o que sente e pensa.

Continua após a publicidade

“Como sou uma modelo que me posiciono, principalmente sobre as questões raciais, no Instagram, percebi que as marcas começaram a me contratar como influenciadora também. Eu me considero uma ‘modelo-influencer’ por me falar e cobrar uma postura adequada das marcas”, explica Rita, que completa: “O nosso corpo acaba sendo um ato político. Dependendo da cor da sua pele, você tem vivências e cobranças diferentes. Uso a minha imagem para falar além de moda e beleza”.

Depois de sentir na pele as dificuldades para ocupar um espaço pouco diverso, Rita resolveu transformar seus aprendizados em um workshop, o Stand Out, que produz junto com a sua irmã Carol Santos. “O intuito dele é de profissionalizar o mercado Plus Size, na parte de modelos e influenciadores, porque enxergamos um crescimento no segmento, mas falta capacitação. A modelo ainda explica que o encontro também é destinado para todas as pessoas, independente da área, que querem se sentir mais confiante e compartilhar histórias.

Ficou com vontade de participar? Então, aproveita porque nos dias 19 e 20 de outubro acontecerá a 11ª edição do encontro, em São Paulo, com a participação de influencers e especialistas. A inscrição pode ser feita neste site.

Continua após a publicidade

Leia também: Suposto novo affair de Thiaguinho revela como conheceu o cantor

Giulia Gam é internada no Rio de Janeiro

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.