Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Nova Zelândia distribuirá absorventes gratuitos nas escolas

Programa faz parte da iniciativa de combate à pobreza menstrual no país

Por Da Redação Atualizado em 18 fev 2021, 17h20 - Publicado em 18 fev 2021, 18h00

Conforme decisão anunciada pela primeira-ministra Jacinda Ardern nesta quinta-feira (18) todas as escolas da Nova Zelândia passarão a fornecer gratuitamente absorventes e outros produtos sanitários a partir de junho deste ano.

Parte de uma iniciativa para combater a pobreza menstrual no país, a ação sucede um programa lançando no meio do ano passado, em que foram distribuídos cerca de 3200 itens de higiene menstrual para estudantes de 15 escolas.

“Providenciar produtos menstruais gratuitos nas escolas é uma maneira do governo diretamente abordar a pobreza, auxiliar a aumentar a frequência escolar e ter um impacto positivo no bem-estar das crianças”, declarou Jacinda em um comunicado, segundo informações da CNN.

“Nós queremos ver um melhor engajamento, aprendizado e comportamento, menos jovens ausentes das escolhas por causa de suas menstruações, e reduzir as dificuldades financeiras entre as famílias dos estudantes contemplados.”

De acordo com Jan Tinetti, ministra das mulheres, a menstruação pode causar nas estudantes, entre outras coisas, constrangimento, estigmas, perda de aulas, despesas e desconforto. Dados apresentados por Ardern indicam que uma em cada 12 jovens do país já faltou às aulas por causa disso.

“Estudantes querem informação sobre a menstruação, produtos menstruais e outros elementos práticos sobre como lidar com a menstruação, como o monitoramento e quando e a quem recorrer pedindo ajuda”, disse Jan.

Com um custo previsto de 25 milhões de dólares neozelandeses até 2024, o programa será gradualmente implementado por meio de parcerias entre o governo e fornecedores.

  • O que é mieloma múltiplo e como tratá-lo

    Continua após a publicidade
    Publicidade