Whitney Houston é a única mulher no Rock and Roll Hall of Fame 2020

A cantora é a 40ª mulher ser nomeada para a instituição

Oito anos após sua morte prematura, em 11 de fevereiro de 2012, Whitney Houston foi eleita para o Rock and Roll Hall of Fame. O anúncio foi feito hoje (15)  e a cerimônia acontecerá no dia 2 de maio, em Cleveland.

Whitney Houston teve carreira e vida pessoal conturbados. Considerada uma das maiores e melhores cantoras mundiais, tinha uma voz potente que a transformaram em estrela ainda aos 20 e poucos anos.  Prima da cantora Dionne Warwick, Houston explodiu nas paradas de sucesso desde o início e conquistou 451 prêmios em sua carreira, sendo que entre eles 7 Grammys Awards, o mais prestigiado do mundo da música.

Sua regravação da canção I Will Always Love You, de Dolly Parton, parte da trilha sonora do filme O Guarda-Costas ainda é o single mais vendido por uma artista feminina na História e um álbum, um dos 5 mais vendidos de todos os tempos.

Nos últimos anos de sua vida, Whitney ficou mais associada aos escândalos pessoais, o fim do casamento com Bobby Brown, as drogas e bebidas.  Ela foi encontrada morta na banheira do seu hotel, afogada na banheira depois de uma overdose de drogas, considerada acidental.

 

 (Kevork Djansezian/Getty Images)

 

Rock and Roll Hall of Fame é uma instituição baseada em Cleveland, nos Estados Unidos que registra a história de alguns dos mais conhecidos e influentes artistas e produtores da indústria da música. Os indicados são eleitos por voto popular de fãs e esse ano, ela é a única mulher entre os homenageados. Na verdade, já considerando as bandas mistas onde mulheres também participam mas não são únicas, Whitney é apenas a 40ª mulher a ser homenageada.

Os artistas que irão se apresentar e quem fará a apresentação da cantora ainda não foi anunciado.