‘O Outro Lado do Paraíso’: delegado confessará que é pedófilo

Na trama, personagem é interpretado por Flávio Tolezani e revelará ter molestado a enteada; personagem ajuda a discutir abuso doméstico

Prepare-se para os próximos capítulos de O Outro Lado do Paraíso, novela das 21h da Globo. Finalmente o delegado Vinícius (Flávio Tolezani) será desmascarado. Segundo o jornal O GloboPatrick (Thiago Fragoso) levará uma antiga babá de Laura (Bella Piero) ao julgamento do delegado, que acabará revelando detalhes do passado da jovem.

A trama é usada na novela para dar visibilidade ao abuso sexual cometido por pessoas próximas da vítima.

DELEGADO PEDÓFILO

Em seu depoimento, a babá dirá que os abusos deram início quando Laura tinha apenas 8 anos de idade. “Uma vez eu vi, eu vi, pela janela. Eu vi quando ele se aproximava dela, com essas mãos enormes. A menina chorava de medo. Eu vi que fez mal pra ela. Eu sabia que todas as outras vezes, todos os machucados, o sangue”, explicará, justificando ter mantido segredo para proteger seu emprego.

Leia mais: Assédio sexual e moral no trabalho: como identificar e denunciar?

Logo em seguida, Vinícius irá atacar a personagem Lorena (Sandra Corveloni) e falará a verdade: “Eu era mais novo que você e casei. Morria de rir por dentro quando se gabava com as amigas, que tinha me conquistado. Eu, muito mais bonito como homem que você como mulher. Casei não por interesse em você. Ridícula. Mal vestida. Cabelos tingidos. Eu casei por sua filha. Desde que vi Laura pela primeira vez fiquei transtornado por ela. Não me importava a idade.”

As relevações não pararão por aí: “Até você parar de trabalhar, eu tive o que queria, ela morria de medo de mim. Mas aí, depois, já estava grandinha, podia falar. Eu tentei conhecer outras. Conheci. Não adianta me acusarem, não darei os nomes. E para cada processo é preciso um nome. Aproveitei que era delegado e todo mundo morria de medo de mim. Eu fazia o que queria. Só que essa menina resolveu casar com esse médico imbecil…”.

Já na cadeia, Vinicius irá tomar o banho de sol, quando um dos detentos irá esfaqueá-lo e matá-lo por ter sido um molestador

Leia mais: 42% das brasileiras relatam já ter sofrido assédio sexual

+Jovem reconhece estuprador flagrado por câmera de segurança

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s