Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Rihanna é criticada por vender roupas de pele de animal em sua grife

A Fenty produz casacos e acessórios feitos 100% de pele de cordeiro

Por Da Redação Atualizado em 17 fev 2020, 11h35 - Publicado em 14 nov 2019, 15h37

A grife de roupas de Rihanna, a Fenty, virou alvo de muitas críticas na internet nessa semana. O caso começou quando internautas perceberam que algumas das peças da marca, como jaquetas e acessórios, eram 100% feitas de pele de cordeiro. Um dos casacos custa 3.660 dólares, o equivalente a 15.344 reais, e um cachecol 760 dólares, 3.186 reais.

Fenty/Divulgação

A cantora está sendo duramente criticada pelos simpatizantes do movimento fur-free (livre de pele, em tradução livre). Grandes marcas do mundo da moda já aderiram ao movimento, como Michael Kors, Chanel, Versace, Gucci, Ralph Loren, Tom Ford e Giorgio Armani. No lugar, elas usam técnicas inovadoras com peles e pelos sintéticos.

Fenty/Divulgação

Muitos internautas acreditam que o uso desse tipo de material em 2019 é um retrocesso, mas outros dizem que é hipócrita criticar Rihanna quando várias pessoas ainda consomem carne e outras marcas fazem uso de pele . Confira alguns dos tweets:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Leia mais: Família real abre vaga de faxineiro e salário impressiona

+ Angelina Jolie se arrepende de ter casado com Brad Pitt

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?

Continua após a publicidade
Publicidade