Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Rainha Elizabeth quer construir um galpão para suas obras de arte

Edifício seria erguido nos terrenos do Castelo de Windsor, onde vivem o Príncipe Harry e Meghan Markle, e poderia causar alagamentos na região

Por Da Redação - Atualizado em 30 dez 2019, 14h00 - Publicado em 30 dez 2019, 13h00

O Palácio de Buckingham, onde vive a Rainha Elizabeth II, vai passar por uma reforma de 369 milhões de libras (aproximadamente 1,9 bilhão de reais) e a monarca precisa de algum lugar para guardar sua inestimável coleção de arte que inclui pinturas, porcelanas, tapeçarias e mobília. O plano da rainha? Construir um enorme galpão nos terrenos do Castelo de Windsor, segundo a imprensa internacional.

No terreno em questão, se encontra o Frogmore Cottage, onde o Príncipe Harry vive com Meghan Markle e o pequeno Archie. O problema é que especialistas afirmam que a construção de um novo edifício no local desejado por Elizabeth II poderia causar inundações e prejudicar a paisagem local. Por esse motivo, oficiais querem barrar o galpão da rainha até que se apresente uma solução para o problema.

+Confira o que está bombando nas redes sociais

A reforma do Palácio de Buckingham deve levar cerca de cinco anos. Algumas das obras de arte do palácio, que incluem trabalhos de renomados artistas como Rembrandt, Leonardo da Vinci e Michelangelo, vão passar um tempo em outros edifícios reais ou museus, mas muitas outras ainda não têm destino certo. A Família Real acreditava que o galpão em Windsor pudesse resolver a questão, mas acabou se deparando com outra.

Continua após a publicidade

Segundo relatos, o estado do palácio em Londres é bastante precário, com funcionários usando inclusive baldes para evitar que pinturas de algumas das galerias fossem danificadas.

Leia também: Meghan Markle e príncipe Harry são barrados em restaurante

+Princesa Charlotte ganha flores de um menino e tem reação inusitada!

Poscast – Previsões astrológicas para todos os signos em 2020

Continua após a publicidade

 

Publicidade