Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Paula, do BBB, relata agressão de ex, mas o defende; denuncie

Participante minimizou situação que pode se tornar ciclo de violência

Por Da Redação - Atualizado em 18 fev 2020, 11h24 - Publicado em 31 jan 2019, 11h39

Paula, participante do BBB19, revelou em uma conversa com os colegas de confinamento que foi agredida pelo ex-namorado. “O menino virou o capeta, arregalou o olho e começou a falar de um jeito comigo. Eu tinha certeza de que ele estava com o capeta no corpo dele, não era ele. Ele pegou o meu braço e eu voltei pra Minas toda roxa. Só dele me encostar, eu já tava ficando roxa”, contou.

Para a surpresa da casa, ela chegou a defender o homem. “Tadinho. Ele ficou muito mal. Ele ficou muito triste porque ele me pegou com força e eu fiquei eu fiquei toda roxa.”

Hana rebateu: “Ele que ficou mal?”, questionou. “Não, mas não era ele. Ele estava possuído, ele tinha bebido muito. E tem gente que quando bebe fica agressivo. Ele era tipo desses que fica agressivo, mas ele nunca me encostou a mão. Mas ele me pegou com muita raiva. Eu fui embora na hora, nem fui de bem com ele. Aí eu pensei: ‘Eu não vou casar com um cara que quando bebe eu fico com medo dele’. Ele tentou voltar, mas não deu”, contou.

Denuncie

A violência contra a mulher é crime e deve ser denunciado. A vítima pode procurar delegacias e órgãos especializados ou ligar no 180, central de atendimento à mulher que funciona 24 horas por dia, um serviço gratuito e confidencial. 

Mesmo que a vítima não registre a ocorrência, qualquer pessoa pode utilizar o número ou ir a uma delegacia para denunciar a agressão. Ameaças também podem ser denunciadas.

Leia também: Conheça o quartinho do bebê de Meghan e Harry

Continua após a publicidade
Publicidade