Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Paparazzi terão que destruir fotos de Meghan e Harry

As fotos referentes ao processo foram tiradas quando Meghan, Harry e Archie estavam no quintal de uma mansão, emprestada à família por um amigo

Por Da Redação - Atualizado em 13 out 2020, 12h35 - Publicado em 13 out 2020, 12h30

No mês de julho deste ano, Meghan Markle  e o Príncipe Harry entraram na Justiça contra um grupo de paparazzi, depois de fotografarem Archie, filho do casal, no quintal da casa de um amigo da família. O processo movido por eles foi por invasão de privacidade e as fotos foram consideradas ilegais.

O casal venceu a batalha contra a agência X-17, que agora terá que destruir todas as fotos dos três na mansão de Los Angeles – em especial as que o pequeno Archie aparece.

De acordo com informações do New York Times, a agência concordou em pagar todos os custos do processo, e pediu desculpas publicamente para Harry e Meghan. “Estávamos errados em oferecer essas fotos [para compra] e nos comprometemos a não fazer isso novamente”.

As fotos foram tiradas na mansão do empresário Tyler Perry, que foi emprestada ao casal real. Os registros de Archie eram vendidos pelo grupo X-17, como se tivessem sido tiradas em um local público e já foram publicadas por uma revista alemã.

Conversando sobre notícias ruins com as crianças

Continua após a publicidade
Publicidade