Médium brasileira foi contratada para evitar chuva no Casamento Real

O lindo dia de sol e céu azul na festa de Meghan Markle e do príncipe Harry foi garantido graças uma ajuda vinda diretamente do Brasil

O Casamento Real celebrado em 19 de maio deste foi marcado, entre outros motivos, pelo bonito dia ensolarado em Londres – característica pouco comum quando o assunto é o clima da Inglaterra.

O que não se sabia até o momento é que o lindo dia de sol e céu azul na festa de Meghan Markle e do príncipe Harry foi garantido graças uma ajuda brasileira: a Fundação Cacique Cobra Coral, encabeçada pela médium Adelaide Scritori, foi contratada pela Coroa britânica para conseguir mudar o clima.

Os serviços a Fundação foram solicitados pela Realeza uma vez que suspeitava-se que o clima na data escolhida para o Casamento Real poderia ser de chuva, como foi noticiado pela BBC.

O planejamento da cerimônia de Meghan e Harry teve início aqui no Brasil. Posteriormente, os planos foram levados à Inglaterra.

“Como esse trabalho abrangeu apenas a área de Windsor, foi preciso colocar um sistema de alta pressão sobre o entorno do castelo, fazendo uma espécie de isolamento local”, contou Osmar Santos, porta-voz da fundação e um dos responsáveis por sua administração da entidade ao site Glamurama. “Até terça-feira Londres estava com alerta de inundações, e como lá o clima é muito diverso, tudo muda com muita rapidez. Conforme o dia do casamento foi se aproximando o tempo começou a melhorar até que no dia 19 abriu aquele sol”, explicou.

A Fundação Cacique Cobra Coral é uma entidade de renome nacional e internacional. Esta, por exemplo, foi a segunda vez que o trabalho da entidade foi prestado à Coroa, sendo a primeira em 2011 no casamento de Kate Middleton com o príncipe William. A iniciativa também atua desde 2008 no Grande Prêmio de Fórmula 1 de Mônaco e no Festival de Cinema de Cannes.

Leia mais: Uma informação foi omitida na biografia de Meghan Markle pela Família Real