Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Após ser acusada de racismo, Lea Michele pede desculpas

Depois da repercussão das acusações, a atriz usou o seu Instagram para se desculpar pelo o que Samantha Marie Ware descreveu

Por Da Redação - 3 jun 2020, 13h12

Depois de se posicionar a favor do movimento #BlackLivesMatter em seu twitter e ser confrontada pela atriz Samantha Marie Ware, Lea Michele pediu desculpas por seu comportamento com a ex-colega de elenco.

Samantha respondeu um tweet de Lea sobre George Floyd dizendo o seguinte: “Rindo muito! Você se lembra de quando fez do meu primeiro trabalho na TV um inferno? Porque eu nunca vou esquecer. Acho que você disse para todo mundo que, se tivesse a oportunidade, ‘cagaria na minha peruca’, entre outras pequenas agressões traumáticas que me fizeram me questionar sobre a carreira em Hollywood”. 

Lea usou as redes sociais para se desculpar pelo ocorrido, dois dias depois da repercussão das acusações. “Peço desculpas por meu comportamento ou por qualquer dor que eu tenha causado. Todos nós podemos crescer e mudar e eu definitivamente tenho usado os últimos meses para refletir sobre minhas falhas. Mas esse não é exatamente o ponto. O que importa é que eu claramente agi de uma maneira que machucou outra pessoa.”, escreveu a atriz, afirmando que o que Samantha descreveu realmente aconteceu. 

Esperando o primeiro filho com o empresário Zandy Reich, Lea disse no pedido de desculpas que precisa repensar suas atitudes, visando a edução da criança que está para chegar. “Estou a poucos meses de me tornar mãe e sei que preciso continuar trabalhando para melhorar a mim mesma e a assumir as responsabilidades por minhas ações, assim poderei ser um verdadeiro modelo para meu bebê”, escreveu ela. 

View this post on Instagram

A post shared by Lea Michele (@leamichele) on

Continua após a publicidade

A HelloFresh, empresa que faz entrega de alimentos e da qual Lea era embaixadora, informou que encerrou o contrato com a atriz após o ocorrido. A empresa teria enviado um comunicado à revista People confirmando o fim da parceria. “O HelloFresh não tolera racismo nem discriminação de qualquer tipo. Ficamos decepcionados e desapontados ao ter conhecimento das recentes alegações sobre Lea Michele. Levamos isso muito a sério e encerramos nossa parceria com Lea Michele, com efeito imediato”.

Todas as mulheres podem (e devem) assumir postura antirracista

 

Publicidade