Clique e assine com até 75% de desconto

Atriz de Glee é acusada de racismo por ex-colega

A briga no twitter começou depois que Lea Michele fez um post apoiando o movimento #blacklivesmatter

Por Da Redação 2 jun 2020, 13h00

Assim como várias celebridades, a atriz Lea Michele, estrela da série Glee, foi ao Twitter, expressar solidariedade ao movimento #blacklivesmatter, que ganhou força após o assassinato de George Floyd, vítima da brutalidade policial em Minneapolis, Estados Unidos.

A atriz fez um desabafo, escrevendo que o fato “não foi um incidente isolado e deve parar”.

A repercussão não foi positiva. Quase imediatamente após o post, sua ex-colega de elenco, a atriz  Samantha Marie Ware, que interpretou Jane Hayward na sexta temporada da série em 2015, rebateu a mensagem de Michele com uma resposta crítica que insinua hiprocrisia e racismo.

“[Risos] Lembra de quando você fez do meu primeiro trabalho na televisão um inferno?!?! Porque eu nunca esquecerei. Acho que você disse para todo mundo que, se tivesse a oportunidade, ‘cagaria na minha peruca!’, entre outras microagressões traumáticas que me fizeram questionar uma carreira em Hollywood…”, escreveu Samantha.

Fãs reagiram imediatamente lembrando de outra briga de Michele com Naya Rivera, que fez parte do elenco de Glee e que também teve uma relação conflituosa com a atriz. “Naya tentou avisar a todos! Ela sofreu muito quando a criticou [Michele]”, diz um seguidor.

O desabafo de Samantha virou um dos assuntos mais comentados do Twitter e recebeu apoio de outros artistas do elenco da série, entre eles Yvette Nicole Brown, Amber Riley e Alex Newell.

“Senti casa uma das letras maiúsculas”, diz Yvette.

Lea Michele não se manifestou quanto as acusações.

 

  • Todas as mulheres podem (e devem) assumir postura antirracista:

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade