Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ator de “Friends” luta contra câncer em estágio avançado

Aos 59 anos, James Michael Tyler fez um alerta ao público: "Não quero que as pessoas tenham que passar pelo que tenho passado"

Por Da Redação Atualizado em 21 jun 2021, 19h41 - Publicado em 21 jun 2021, 18h03

O ator James Michael Tyler, que interpretou Gunther em Friends, o funcionário do café Central Perk, dividiu com o público, nesta segunda-feira (21), no programa Today, que está com câncer de próstata.

Para o apresentador Craig Melvin, James, que tem 59 anos, revelou que o diagnóstico veio em setembro de 2018, durante um exame de rotina. O estado da doença estava avançado, já que o tumor havia se espalhado pelos os ossos.

“Tenho lidado com esse diagnóstico há quase três anos. … É estágio 4 [agora], câncer em estágio avançado. Então, eventualmente, você sabe, provavelmente vai me pegar”, desabafou o ator.

James Michael Tyler
Twitter @todayshow/Reprodução

James passou por um tratamento de terapia hormonal. Segundo ele, o procedimento “funcionou maravilhosamente” durante um ano. Porém, ao longa da pandemia, a doença avançou, causando até uma paralisia na parte de inferior de seu corpo. No momento, ele segue em quimioterapia.

Mesmo com a saúde fragilizada, Tyler não deixou de comparecer à grande reunião de 10 anos de Friends, exibida em maio pela HBO Max. “Eu queria fazer parte disso. Inicialmente, estaria no palco com eles. Foi agridoce, sinceramente. Fiquei muito feliz por estar incluído. Foi minha decisão não fazer parte disso fisicamente e fazer uma aparição no Zoom, basicamente, porque eu não queria aborrecê-lo, sabe? (…) Eu não queria ser como, ‘Oh, e por falar nisso, Gunther tem câncer'”, explicou o ator.

James ainda apontou o motivo de tornar público o seu diagnóstico. “Muitos homens, se pegarem tão cedo, é facilmente tratável. Não quero que as pessoas tenham que passar pelo que tenho passado. Este não é … um processo fácil”, alertou no desabafo.

Em casos de diagnósticos precoces, o paciente tem chances de cura de 80 a 90%. Os exames para detectar o tumor são o de sangue, chamado PSA, e o de toque. Eles podem começar a ser feitos a partir dos 40 anos, para quem possui histórico familiar, ou dos 45 anos nos demais casos.

Continua após a publicidade
Publicidade