CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Após saída de “Verdades Secretas”, Camila Queiroz acusa Globo de punição

Em nota, a atriz afirmou que a emissora tentou puni-la pelo fim do seu contrato exclusivo

Por Da Redação Atualizado em 17 nov 2021, 19h20 - Publicado em 17 nov 2021, 15h47

Camila Queiroz não será mais a Angel, protagonista de Verdades Secretas 2. A nova temporada da série, que é exibida no Globoplay, não terá a presença da atriz nos últimos episódios, porque Camila “exigiu um compromisso formal de que faria parte de uma eventual terceira temporada da obra, além de outras demandas contratuais inaceitáveis”, informou a Rede Globo em nota.

A artista teria optado por não assinar um novo contrato e apontar qual seria o final da sua personagem, segundo a emissora carioca. Sem Camila, a trama de Walcyr Carrasco, que deve estrear na TV aberta apenas em 2023, sofrerá modificações, mas não terá sua produção interrompida.

Pelo Twitter, Camila disse que sua decisão foi baseada em seu bem-estar emocional. “Tentei ter razão, mas a saúde mental venceu”, escreveu atriz, que segundo a colunista Marcelle Carvalho, do UOL, faltou na reta final das gravações e pediu um “afastamento” no último dia do contrato.

Na noite desta quarta-feira (17), por meio de um comunicado divulgado em seu Instagram, a equipe da atriz explicou que o roteiro da personagem apresentado no início das gravações teve um outro rumo ao longo da produção.

“A atriz continuou gravando confiante de que o teor da trama seria encaminhado para o final original que havia sido combinado desde o princípio, conforme a empresa e seus funcionários prometiam para a atriz a todo tempo. Inclusive, a diretoria da casa chegou a enviar para a assinatura da atriz um pré contrato manifestando explicitamente o seu interesse de mantê-la na terceira temporada de Verdades Secretas como protagonista”, aponta a nota.

Continua após a publicidade

O comunicado ainda alega que a emissora teria tentado “puni-la” pelo fim do seu contrato por fixo. “A atriz entende que esses últimos acontecimentos deixam claro que a empresa tentou puni-la exclusivamente pelo fato de ter tomado a decisão unilateral de readequar o formato de seu contrato com TV Globo no passado, decisão essa que não partiu da empresa, como foi divulgado à época. ” Leia o texto abaixo na íntegra:

View this post on Instagram

A post shared by Camila Queiroz (@camilaqueiroz)

No início deste ano, a atriz deixou o contrato fixo com a Globo para realizar apenas projetos. Em outubro, Camila estreou na Netflix como apresentadora do reality show Casamento às Cegas Brasil ao lado do ator e marido Klebber Toledo.

“Desde dezembro de 2020, a TV Globo foi informada da decisão da atriz e a mesma em momento nenhum prestou serviços para outra empresa, sem o conhecimento da casa. É de comum acordo e alinhados juridicamente que seguimos normalmente nosso trabalho com a emissora”, disse a equipe de Camila após o anúncio do reality.

Continua após a publicidade

Publicidade