A história de Poliana Abritta, que passou sete anos tentando engravidar

A apresentadora do 'Fantástico' falou das dificuldades que enfrentou antes de ter os trigêmeos Guido, José e Manuela

Poliana Abritta falou abertamente sobre as dificuldades que enfrentou para conseguir engravidar. Em entrevista para o programa Tamanho Família, da Rede Globo, a apresentadora do Fantástico contou que tentou por sete anos ter filhos via método tradicional.

Poliana conta que, depois de muitas tentativas, percebeu que não iria conseguir engravidar e passou a se culpar por isso. Então, foi atrás de um diagnóstico médico. “Foi uma carga pesada. Você começa a elaborar mil coisas, como se tivesse responsabilidade por não conseguir engravidar”, desabafou.

Depois de conseguir o diagnóstico, ela resolveu tentar engravidar através de uma fertilização in vitro – método de fertilização assistido em que os óvulos são fecundados em laboratórios e, depois, implantados no útero da mulher.

No caso de Poliana, três embriões vingaram. Nove meses depois, ela deu à luz aos trigêmeos Guido, José e Manuela, que hoje têm 10 anos. “Pedi tanto, que fez fila e vieram logo três de uma vez. Estava torcendo pelos três, e os três vingaram”, contou a apresentadora. 

Poliana Abritta é natural de Brasília e já trabalha há 21 anos na Rede Globo. Ela assumiu o posto de apresentadora do Fantástico em 2014, no lugar de Renata Vasconcellos.

Leia mais: Prematura, bebê que ficou sozinha por meses foi adotada por sua enfermeira

+ Senado aprova lei para medida protetiva imediata a vítimas de violência

Siga CLAUDIA no Youtube