O valor (astronômico) que Meghan Markle e Harry devem ao governo britânico

O acordo após tantas turbulências rendeu responsabilidades ao casal

No último sábado (18), foi selado e divulgado o acordo entre príncipe Harry, sua esposa Meghan Markle e a Família Real. O casal deixará de usar os títulos reais que possuíam e, no final de um período de transição que vai até o final de março desde ano, não receberão mais fundos públicos para se sustentar. Eles continuarão sendo os Duques de Sussex, mas não poderão assinar seus nomes com o acrônimo HRM (Sua Alteza Real), nem serão mais representantes da monarquia.

Entre os termos do acordo, algo chamou a atenção entre os fãs. Os dois passam a ter uma dívida rechonchuda para com o governo britânico. Harry e Meghan se comprometeram a devolver os quase três milhões de libras do tesouro público usados na reforma de sua residência em Frogmore Cottage, na cidade de Windsor, que pretendem manter como residência no Reino Unido enquanto se dividem entre Europa e América do Norte. Após o final da primavera do hemisfério norte, também pagarão aluguel por ela.

Veja também

“Depois de muitos meses de conversas e debates, tenho o prazer de anunciar que encontramos juntos um caminho construtivo e solidário para meu neto e sua família”, diz a declaração de Buckingham em nome de Elizabeth II. “Harry, Meghan e Archie sempre serão membros muito queridos de nossa família”, diz ainda o texto.

%d blogueiros gostam disto: