Clique e assine com até 75% de desconto

Tobias Menzies sobre Philip em The Crown: macho alfa de papel coadjuvante

O ator Tobias Menzies também falou sobre as diferenças de salário entre as estrelas de The Crown

Por Da Redação 11 nov 2020, 13h45

A mais recente temporada de The Crown mostra a chegada da Princesa Diana à Família Real, e o impacto que a fama teve em seu casamento com  o Príncipe Charles.

Para se preparar para o papel de Príncipe Philip, o ator Tobias Menzies assistiu imagens de TV para entender a postura e voz do duque de Edimburgo, mas também para estudar sua personalidade. “É um papel tão estranho [o de Philip], altamente cerimonial, mas sem muito poder concreto”, disse em entrevista ao Financial Times. 

Menzies diz que existe uma tensão entre o papel coadjuvante do príncipe e o fato de ele ser “um macho alfa, claramente muito ativo. Alguém que gosta de se manter ocupado, gosta de fazer”. Esse conflito foi o que marcou o personagem na terceira temporada. Na quarta, Philip parece mais conformado com isso.

As gravações de The Crown foram concluídas duas semanas antes que o lockdown iniciasse no Reino Unido. O intérprete de Philip encarou o momento com grande dificuldade. “Honestamente, para mim foi difícil, especialmente para alguém que mora sozinho e para quem conviver com os amigos é parte importante da vida… Sinto falta de abraços”, conta.

Mais de 70 milhões de pessoas em todo o mundo já assistiram à série, e é uma das produções mais custosas na história da televisão. Na temporada anterior que mostrava os anos de 1964 e 1977, Tobias Menzies assumiu o papel que antes era interpretado pelo ator Matt Smith, que lhe rendeu uma indicação ao Globo de Ouro.

Continua após a publicidade

Diferença de salários entre os atores da série

O ator também falou sobre as diferenças salariais entre o elenco da série. Em 2018, The Crown foi criticada porque a atriz Claire Foy, que interpretava a jovem Rainha Elizabeth descobriu que seu cachê era menor do que o de Matt Smith, que fazia o Príncipe Philip. Na nova temporada, a situação se inverteu e Olivia Colman ganha mais do que ele.

Embora, eles tenham ido ao Globo de Ouro usando broches 50:50 para apoiar a igualdade de gênero no pagamento, ele considera a diferença nesse caso proporcional já que a atriz  “traz muito para a série, e é significativamente mais visível. Que Olivia receba mais do que eu é a exceção e não a regra”.

Para resolver o problema da disparidade salarial entre homens e mulheres, o ator diz que é fundamental que haja mais transparência.  ” Solidariedade e clareza entre os atores é bom, porque significa que as empresas não podem tirar dinheiro de um ator para pagar outro”, disse, sem no entanto, revelar seu salário na série.

 

  • O que falta para termos mais mulheres eleitas na política

    Continua após a publicidade
    Publicidade