Clique e assine com até 75% de desconto

Programação virtual reúne festivais como Cannes, Berlim e Veneza

Começa nesta sexta-feira (29) o festival We Are One, que reúne mais de 100 títulos de 35 países selecionados pelos maiores festivais de cinema do mundo

Por Da Redação 29 Maio 2020, 11h59

Se prepare para curtir dez dias de programação digital e completamente gratuita com filmes, bate-papos e conteúdo musical. We Are One: A Global Film Festival, evento que reúne os principais festivais de cinema do mundo, como Cannes, Berlim e Veneza, começa nesta sexta-feira (29) e se estende até 7 de junho.

O festival é uma parceria entre o YouTube e o Tribeca Enterprises, companhia nova-iorquina cofundada por Robert De Niro e que é responsável pelo Festival de Tribeca.

Toda a programação estará disponível pela página da We Are One no YouTube e para garantir um melhor aproveitamento, nenhuma produção será interrompida por anúncios ou cobranças.

A curadoria do evento ficou por conta de 20 mostras renomadas, de diferentes origens. Além de Cannes, Berlim, Veneza e Tribeca, estão por trás da seleção das obras os festivais de Annecy, Londres, Guadalajara, Macau, Jerusalém, Mumbai, Karlovy Vary, Locarno, Marrekech, Nova York, San Sebastián, Sarevejo, Sundance, Sydney, Tóquio e Toronto.

Foram selecionados mais de 100 produções de 35 países, com um foco especial nos documentários. Entre os selecionados, se destacam Ricky Powell — The individualist, que conta a trajetória do fotógrafo americano e traz entrevistas com os atores Natasha Lyonne e LL Cool J.

Continua após a publicidade

Também haverá a estreia do documentário The Iron Hammer, o primeiro da diretora e atriz Joan Chen, e o drama indiano Eeb Allat Ooo!. Entre os curta-metragens, está o japonês Yalta Conference Online, que foi produzido especialmente para o festival digital.

Os espectadores também poderão curtir obras já premiadas, como o drama palestino Amreeka, que conta a história de uma mãe solteira palestina e seu filho adolescente que imigram para a cidade de Illinois e têm que enfrentar o preconceito existente contra os árabes. A produção do cineasta Cherien Dabis foi laureado pela Federação Internacional dos Críticos de Cinema (Fipresci), em Cannes, em 2009.

“Amreeka” é uma das obras já premiadas que serão exibidas online no We Are One We Are One/Reprodução

Entre os debates, estão programadas bate-papos com nomes conhecidos, como Bong Joon-Ho, diretor do filme coreano Parasita, grande vencedor do Oscar neste ano, e Song Kan-ho, um dos atores do longa. Os diretores Guillermo del Toro, Alejandro González Iñáritu, Francis Ford Coppola, Jane Campion e Claire Denis também estarão presentes.

Quem assistir às exibições do We Are One pode, ainda, fazer doações destinadas ao combate da Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde – incluindo grupos de diferentes países que estiverem lutando para combater a doença.

Confira a programação completa do festival aqui

  • Todas as mulheres podem (e devem) assumir postura antirracista

    Continua após a publicidade
    Publicidade