Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Museu online reúne obras de arte criadas no mundo todo durante a pandemia

No Instagram, surge o Covid Art Museum, galeria dedicada aos frutos artísticos de uma das piores crises do mundo contemporâneo

Por Gabriela Teixeira - Atualizado em 5 ago 2020, 21h09 - Publicado em 12 jun 2020, 09h00

No Instagram, surge uma galeria dedicada aos frutos artísticos de uma das piores crises do mundo contemporâneo. O Covid Art Museum já tem 470 obras publicadas e recebe por dia pelo menos 200 novos trabalhos

Dias após o começo da quarentena na Espanha, em março, o trio de diretores de arte Emma Calvo, José Guerrero e Irene Llorca percebeu que muitas pessoas vinham compartilhando na internet trabalhos artísticos criados no isolamento para extravasar as emoções e percepções sobre a Covid-19. “Não queríamos que isso fosse esquecido. No futuro, teremos dados sobre as vítimas, a economia, mas também será interessante ver o registro de como as pessoas se sentiram”, contam eles. Logo ganharam a adesão da amiga Dilay Yaman, que se juntou à equipe. Assim nasceu no Instagram o Covid Art Museum (@covidartmuseum). O perfil já publicou mais de 470 obras – como o retrato simbólico de Danaé Savage (@dnicolephotog) na página anterior, os coloridos telhados e janelas do italiano Pierpaolo Rovero (@pierpaolorovero, também no site pierpaolorovero.com) e a clássica foto de Salvador Dalí, agora mascarado pela espanhola Patricia Pulido Mantas (@srtapulido) – e recebe uma média diária de 200 trabalhos entre ilustrações, fotografias, pinturas e animações. Os planos do CAM incluem um site e até exposição física quando tudo passar.

Obra de @srtapulido @srtapulido/Instagram

 

Continua após a publicidade
A vista de @pierpaolorovero @pierpaolorovero/Instagram

 

Continua após a publicidade

Todas as mulheres podem (e devem) assumir postura antirracista

Publicidade