Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

MIS homenageia personalidades negras em exposição de grafites

Trabalhos, que foram produzidos por 81 artistas de periferia durante ação no Museu Afro Brasil, estão expostos em São Paulo

Por Joana Oliveira
Atualizado em 14 nov 2022, 11h40 - Publicado em 14 nov 2022, 11h39

Antonieta Barros, uma das primeiras brasileiras na política, a escritora Conceição Evaristo, a cantora Elza Soares. Essas são algumas das 81 personalidades negras brasileiras homenageadas pelo Museu da Imagem e do Som (MIS), em São Paulo, com a megaexposição de grafites Grandes Personalidades Negras, que acontece simultaneamente em quase uma centena de espaços culturais de São Paulo, como o Museu Afro Brasil, o Memorial da América Latina, e as Fábricas de Cultura. Uma das ações do Mês da Consciência Negra, as obras em grafite foram realizadas por artistas das periferias de cidades paulistas. Dentre os homenageados, destaca-se Emanoel Araujo, célebre diretor e curador do Museu Afro Brasil, falecido em 7 de setembro deste ano. O artista baiano sempre atuou para a valorização e a visibilidade da produção afro-brasileira nos mais diversos campos, abrindo caminhos para muitos nomes. 

“[A nossa intenção é] dar grande visibilidade aos artistas negros e suas obras de maneira a evidenciar a imensa contribuição que esses artistas deram para a cena cultural do nosso país ao longo do tempo. A ideia foi realizar atividades que sejam capazes de dar esta visibilidade, que é uma visibilidade mais do que merecida, mais do que justa”, destacou o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, em entrevista à Agência Brasil.

A escolha dos homenageados foi realizada pelo Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra (CPDCN) do estado de São Paulo, primeiro órgão do país criado para a defesa dos direitos da comunidade negra e enfrentamento ao racismo. De acordo com a Secretaria de Cultura do estado, as 81 personalidades negras foram selecionadas em razão da sua trajetória e biografia, que podem ser lidas aqui.

Além de contemplar os retratos em grafite de personalidades já mais populares, o público terá a oportunidade de conhecer personagens históricas como Adelina, a charuteira. Maranhense filha de um senhor de escravos e de uma escravizada, ela ganhou o apelido quando começou a ajudar o pai na venda de charutos pela cidade. Como conhecia muita gente, logo se tornou uma grande articuladora pelo fim da escravidão. Adelina vendia seus charutos para estudantes abolicionistas e, com isso, ajudou a criar o Clube dos Mortos, que reunia pessoas que facilitavam a fuga de escravizados.

Outra grande mulher homenageada é Maria Soldado, filha de escravizados de Limeira (SP), que trabalhava como cozinheira, mas trocou o avental pela farda durante a Revolução de 1932. Maria juntou-se aos seus irmãos negros na batalha, abandonando os quitutes de caçarola pelas armas e tornou-se reconhecida por sua força, coragem, patriotismo e abnegação, contribuindo ativamente para a História do pais.

Continua após a publicidade

Grandes Personalidades Negras – MIS em Cena

Abertura: 5/11, às 11h, na nova galeria expositiva da sede do MIS — av Europa, 158

Visitação: a partir de 5 de novembro em todos os locais

Ingresso: gratuito

Continua após a publicidade

Locais: MIS — Av. Europa, 158 (Jardim Europa — São Paulo) | terça a sexta, das 11h às 19h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h.

Demais localidades: consultar através do Link

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.