Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Concertos individuais fazem sucesso em aeroporto da Alemanha

Organizadas pela flautista Stephanie Winker, as apresentações trazem uma experiência intimista para os amantes de música durante o isolamento social

Por Da Redação - 14 Maio 2020, 12h05

Já imaginou assistir a uma apresentação musical renomada feita só para você? E se, ao final dos 10 minutos de música, você não pudesse falar ou aplaudir o artista? Pode parecer estranho, mas esse estilo de concerto intimista tem feito sucesso no aeroporto de Stuttgart, capital do estado de Baden-Württemberg, no sudoeste da Alemanha.

A ideia de fazer shows individuais partiu da flautista Stephanie Winker no ano passado, enquanto pensava em novas maneiras de montar um concerto para um festival musical. Sua maior inspiração veio de Marina Abramovic, artista que, em 2010, fez sucesso com a performance “The Artist Is Present” (O artista está presente, em tradução livre), no Museu de Arte Moderna de Nova Iorque. Em uma sala, Marina aguardava os visitantes, que podiam se sentar em frente a ela e olhar em seus olhos.

Em entrevista ao jornal The New York Times, Stephanie contou que quis reviver a série de concertos de 2019 após o início do isolamento social na Alemanha. “Quando o coronavírus chegou e passaram a existir todas aquelas regras, que a gente passou a ter que ficar a dois metros de distância de todos, eu pensei: ‘Uau’. Os concertos individuais seriam a única forma de performance que poderia dar certo nesse momento”, relatou.

A ideia foi aderida por outros músicos, como o violoncelista Markus Tillier. Ele tocou para Kai Gniffke, diretor geral da SWR, uma emissora de TV pública alemã parceira de uma das orquestras envolvidas na organização da série de concertos, a SWR Symphonieorchester.

Também ao NY Times, o ouvinte afirmou que se sentiu triste por aquela ter sido a única forma de experienciar um concerto em meses. Ele conta também que Markus olhou em seus olhos e começou a tocar uma peça lenta. “Foi exatamente o que eu precisava naquela situação”, compartilhou Kai.

Continua após a publicidade

O fagotista da SWR Symphonieorchester, Hanno Dönneweg, também se apresentou no aeroporto e se surpreendeu com a mudança no movimento do local. “Normalmente quando eu vou ao aeroporto, eu só tenho alguns minutos até o avião decolar, eu estou estressado e com pressa”, contou ao jornal americano. “Nada mais está se movendo. (…) Tudo precisou parar”, completa o músico sobre as mudanças ocorridas devido a pandemia.

Hanno se apresentou para quatro mulheres no último domingo (10). Ele conta que algumas ouvintes chegaram confiantes, outras estavam nervosas com a experiência inédita, assim como ele. A sua última espectadora se emocionou com a performance. “As emoções com isso [as apresentações individuais] são totalmente diferentes. (…) Talvez devêssemos continuar fazendo depois”, completou.

Além desses artistas, outros nove fizeram apresentações individuais no aeroporto naquele dia. Assista abaixo ao vídeo divulgado nas redes sociais do Aeroporto de Stuttgart que mostra um pouco da série de concertos intimistas.

Outros eventos parecidos aconteceram em jardins de museus da cidade, organizados por Winker e outras três orquestras locais. Quem ficar interessado em participar da experiência pode reservar um horário online.

Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

 

Continua após a publicidade
Publicidade