CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS
Rachel Jordan Referência no mercado de consultoria de imagem, Rachel Jordan é especialista em comportamento profissional e atua como consultora, mentora e palestrante para empresas e pessoas que desejam desenvolver suas habilidades emocionais e alavancar a carreira. Co-autora do Livro À Sua Moda – 4Talks, Rachel também ministra cursos e workshops na área

As atitudes e as palavras mágicas do comportamento profissional

Colunista Rachel Jordan dá dicas de ações e comportamentos no ambiente de trabalho

Por Rachel Jordan 11 jan 2022, 19h44

A profunda transformação da sociedade moderna vem modificando uma série de padrões de comportamentos social e profissional, principalmente na última década, quando o mundo passou por grandes avanços em função da revolução tecnológica.

A formalidade excessiva que permeava os relacionamentos de outros tempos vem abrindo espaço para relações pessoais e profissionais mais naturais, autênticas e espontâneas.

Veja também: Como driblar a pressão por resultados no trabalho e minimizar o estresse

E devemos admitir que essa nova configuração é um ponto extremamente positivo do comportamento humano e totalmente conectada à era em que estamos vivenciando.

Vivemos um tempo de relações mais horizontais, especialmente no ambiente de trabalho, e humanizadas. O objetivo principal tem sido aproximar mais as pessoas para que todas (os) sejam mais respeitadas (os) e tratadas (os) com igualdade.

No entanto, o novo formal, ou formal contemporâneo, parece estar causando alguns ruídos de comunicação e sendo absorvido por muitos de uma maneira que coloca à margem valores que são inegociáveis em qualquer época, apesar de todos os avanços que estamos experimentando.

Educação, respeito e ética são essenciais em qualquer ambiente, principalmente no de trabalho, que exige uma postura profissional conectada com os tempos atuais, e, acima de tudo, alinhada com valores fundamentais para uma convivência saudável e respeitosa entre as pessoas.

Não sei vocês, mas a sensação que tenho é de que estamos esquecendo de colocar em prática “palavras mágicas”, aquelas que transformam qualquer relação em algo positivo e que demonstram educação e respeito ao outro.

Expressões como muito obrigada, por favor, com licença, são apenas algumas das muitas palavras que estão sendo relegadas ao esquecimento. Se nas relações sociais elas são essenciais, que dirá nas profissionais, que valorizam a imagem de cada colaborador, ou gestor, por seus gestos e atitudes.

Se em outros tempos o excesso de formalidade era um ponto negativo, que emperrava os relacionamentos, hoje a informalidade desmedida, especialmente em ambientes profissionais, pode criar uma imagem negativa e interferir na trajetória de uma colaboradora (o).

Não importa qual seja a sua profissão ou cargo hierárquico que ocupe, a forma como você se comunica precisa ser clara, respeitosa e adequada ao momento e a pessoa que está interagindo com você.

Informalidade excessiva, em algumas situações, pode ser encarada como falta de respeito e de pouca, ou nenhuma, postura profissional.

Continua após a publicidade

Se você ainda tem dúvidas sobre essa questão e de como está sendo vista (o) no seu trabalho, é necessário entender que postura profissional são características, habilidades e hábitos do seu comportamento que podem atuar a seu favor ou contra você.

Se comunicar de forma clara, demonstrar seriedade, comprometimento e educação somam pontos à sua imagem. Lembrem-se sempre de que a primeira impressão é a que fica. Não devemos nos esquecer de que aquilo que parece normal para muitos pode ser interpretado de outra maneira por outros.

Por isso, educação, equilíbrio e bom senso são ferramentas essenciais nesse processo de comunicação. A postura que adotamos funciona como uma espécie de identidade da nossa imagem, seja ela em eventos sociais ou profissionais.

Abaixo algumas dicas de comportamento profissional para agregar valor à sua imagem.

Informalidade: Ser informal e espontâneo não significa que você possa fazer brincadeiras ou usar expressões que demonstrem preconceito ou causem constrangimento ao seu interlocutor. A sua postura no ambiente de trabalho pode ser determinante para o seu crescimento na empresa. Fique atento aos códigos de conduta da sua corporação, até as mais modernas, como as startups, estabelecem padrões que devem ser respeitados.

Público ou cliente: Se a sua profissão exige que você lide diariamente com diferentes tipos de pessoas, esteja ainda mais atenta (o) a sua postura profissional. Se for à loja ou casa de um cliente, por exemplo, não tente demonstrar excesso de intimidade com gestos ou palavras que podem ser encaradas como abuso ou falta de educação. Discrição e respeito são essenciais.

Autocrítica: Exercitar a autocrítica é um caminho interessante para saber se está ultrapassando os limites. Muitas pessoas têm dificuldades em reconhecer suas características, sejam elas positivas ou negativas, e isso as impede de construir uma postura profissional positiva e compatível com a sua profissão. Por mais informal que seja o ambiente de trabalho, ele não é área de lazer e qualquer comportamento duvidoso, como uma atitude ou fala preconceituosa, pode colocar em xeque sua imagem. Ninguém quer ser vista (o) como uma pessoa arrogante e sem noção, não é mesmo?

Vestimenta: Como funcionário de uma empresa, você também representa a imagem da corporação. Por isso, sua vestimenta, sua fala e suas atitudes precisam estar conectadas com o seu ambiente profissional. Mesmo nas empresas mais modernas, que primam por um clima descontraído, é fundamental estar atenta a decotes mais ousados, transparências, cores berrantes ou looks que não correspondam ao seu exercício profissional.

Gentileza: Seja gentil e educado com seus colegas de trabalho e com seus líderes. Pode parecer bobagem, mais um simples Bom Dia ou um Muito Obrigada podem fazer toda a diferença na forma como você é vista (o). Na hora de se comunicar internamente, por mensagens ou por e-mails, seja educado. Antes de cobrar ou pedir qualquer coisa, não se esqueça das palavrinhas mágicas.

Comunicação: A forma como você se comunica diz muito sobre quem você é. Aprenda a respeitar opiniões diferentes, seja flexível, pratique a escuta ativa, isso pode agregar muito valor a você profissionalmente. Evite se envolver em fofocas e fazer comentários maliciosos. Isso demonstra uma postura antiética e pouco profissional, além de gerar ruídos na comunicação que podem ser irreversíveis.

 

Continua após a publicidade

Publicidade