CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Plantas e pets: espécies para ter em casa sem riscos para os bichinhos

Fique atento às plantas tóxicas que podem fazer mal para cães e gatos e descubras quais estão liberadas

Por Nádia Simonelli Atualizado em 11 Maio 2022, 09h54 - Publicado em 13 Maio 2022, 08h00
plantas e pet
Fuu J/Unsplash

Os cães e gatos estão cada vez mais presentes nas casas brasileiras. De acordo com um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com a Associação Brasileira de Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o Brasil tem a segunda maior população pet do mundo, com 22,1 de felinos e 52,2 milhões de cães. Ao mesmo tempo, nunca tivemos tantas plantas dentro de casa. Essa combinação pode ser fatal porque algumas espécies são tóxicas para os bichinhos. Então, é preciso ter cuidado.

Se você tem um pet para chamar de seu, veja abaixo dicas de espécies de plantas seguras para ter em casa!

Plantas para deixar longe dos pets

Como as plantas e flores exalam perfumes, exibem texturas e cores diferentes são um ótimo atrativo para os pets. Por isso, é preciso ter cuidado na hora de escolher as espécies que você vai cultivar em casa. As azaleias, por exemplo, costumam estar presentes em diversos jardins e também são facilmente encontradas durante um passeio na rua.

plantas pets
Jexo/Unsplash

No entanto, são uma das plantas que são tóxicas para os pets. “A azaleia pode causar vômitos, diarréia, convulsões, arritmia cardíaca, cegueira e até mesmo levá-los ao coma”, alerta Lucas Buffo, CEO do e-commerce especializado em plantas Flores Online. 

Outras plantas que podem causar até a morte do bichinho são copo-de-leite, antúrio, samambaia, lírio e espada-de-são jorge. Inclusive, a toxicidade da samambaia pode ser tão potente, que até mesmo as folhas secas e mortas que caem no chão são perigosas. Por isso, é muito importante estar atento aos mínimos detalhes, principalmente quando for viajar e levar seus pet para um ambiente diferente, seja com você ou na casa de alguém de sua confiança.

Continua após a publicidade

Plantas liberadas para os pets

Mas, apesar de existirem plantas tóxicas, outras não oferecem riscos aos pets e podem conviver com eles e enfeitar sua casa. Exemplo disso são o girassol, orquídea, fitônia e echeverias.

plantas e pets
Viktor Mogilat/Unsplash

“O girassol é encantador por natureza e a fitônia tem um aspecto que traz muita beleza. Elas podem ser plantadas em jardins ou vasos. Além disso, as orquídeas, com diferentes cores e formas são lindas para decorar espaços e não costumam atrair tanto a atenção de cães e gatos”, afirma Buffo.

As echeverias são uma espécie de suculenta e, além de não serem tóxicas para os animais, são ótimas opções para serem colocadas em varandas, pequenos espaços ou até mesmo para criar quadros.

plantas e pets
Gabriel/Unsplash

Mas, isso não quer dizer que, caso você tenha uma das plantas tóxicas para os pets, deva se livrar delas — basta deixá-las fora do alcance dos animais. Ainda assim, é preciso ter muito cuidado com a curiosidade dos cães e com as habilidades dos gatos que adoram subir e escalar. Uma dica é: pesquise bastante sobre as espécies para todo mundo conviver em harmonia e segurança.

Continua após a publicidade

Publicidade