CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Living aposta no uso de madeira, tecidos crus e arte brasileira

O arquiteto Dado Castello Branco aproveitou a luz natural, vinda das portas e vitrais originais do casarão construído em 1970, na CASACOR RJ

Por Redação / CASACOR Atualizado em 19 Maio 2022, 10h21 - Publicado em 23 Maio 2022, 08h00
living casacor rio de janeiro
André Nazareth/CASACOR

Se teve algo mudou com a pandemia foi a nossa casa e a forma como vemos – e desejamos – seus espaços internos. E um ambiente familiar que permita a convivência entre seus moradores está no topo dessa lista. Assim, como um home-office.

living casacor rio de janeiro
André Nazareth/CASA CLAUDIA

A Sala Tempo, assinada por Dado Castello Branco para a CASACOR Rio 2022, reúne ambos, privilegiando os momentos de intimidade sem abrir mão de sua estética contemporânea.

living casa cor rio de janeiro
André Nazareth/CASACOR

“Faz referência ao tempo que, com a pandemia, teve outro valor para as pessoas. É o tempo que elas têm para ficar com a família, para ler, estudar, trabalhar e tudo híbrido”, explica o arquiteto.

living casacor rio de janeiro
André Nazareth/CASACOR

Priorizando o uso da madeira, os tecidos crus e as obras de arte essencialmente brasileiras, a Sala Tempo é composta por móveis brasileiros, como cadeiras e mesas laterais de Joaquim Tenreiro, lado a a lado com peças desenhadas pelo próprio Dado, que serão lançadas durante a CASACOR Rio.

living casacor rio de janeiro
André Nazareth/CASACOR

Serviço CASACOR Rio de Janeiro 2022

Data: 27 de abril a 26 de junho de 2022

Endereço: Rua Lopes Quintas, 497 – Jardim Botânico, Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

Horário: de terça a sexta-feira, das 11h às 21h. Sábados, domingos e feriados, das 11h às 21h.

Telefone: (21) 2512-2411

Ingressos e agendamento de visitas: https://casacorrj.byinti.com/

De terça a sexta-feira

Ingresso inteiro: R$ 80,00

Meia entrada: R$ 40,00

Sábados, domingos e feriados

Ingresso inteiro: R$ 90,00

Meia entrada: R$ 45,00

Crianças até 10 anos não pagam. Idosos acima de 60 anos, estudantes com carteira oficial, deficientes (e um acompanhante) e professores das redes pública e privada (desde que apresentem documento válido com foto) pagam meia entrada.

Continua após a publicidade

Publicidade