Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Apartamento do Diva Depressão: criadores mostram a décor divertida

No lar dos influenciadores Eduardo Camargo e Filipe Oliveira o inusitado se mostra presente com muita personalidade

Por Marina Marques Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
18 jun 2024, 16h00

Eles adoram palpitar sobre os looks e mansões das blogueiras e celebridades no YouTube. Mas, desta vez, Eduardo Camargo e Filipe Oliveira, mostram os detalhes de seu próprio lar em São Paulo. Sinta-se à vontade para espiar o apartamento do Diva Depressão, com uma décor divertida, moderna e que rendeu belos cliques.

Apoderar-se da primeira casa própria foi muito mais do que uma conquista material para Eduardo Camargo e Filipe Oliveira. A mudança teve significados profundos na vida do casal, que remetem ao comecinho do relacionamento dos dois e também à história de sucesso dos influenciadores.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Eduardo Camargo e Filipe Oliveira (em pé) conquistaram mais de três milhões de seguidores – isso apenas no YouTube – com seu humor irreverente (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Em 2009, quando se conheceram, Edu e Fih — como são chamados por seus seguidores — não tinham liberdade para falar abertamente sobre sua sexualidade com a família; assim, foram obrigados a esconder o relacionamento.

Isso resultou em histórias de muito perrengue, hoje contadas com bom humor por ambos, mas que na época implicaram em grandes esforços para fazer o relacionamento dar certo.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
As estantes reservam coleções de bonecos, discos e presentes de fãs (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Nascidos no ABC Paulista, foram morar juntos pela primeira vez no centro de São Paulo com a certeza de que voltar para a casa dos familiares não era uma opção.

Além do relacionamento, o trabalho dos dois na internet também era motivo de pouca credibilidade. Pela formação em design, um emprego tradicional não se encaixava na mente criativa dos dois, que aflorou ainda mais em conjunto.

Continua após a publicidade

Para extravasar durante o expediente, Filipe criou uma página no Facebook — uma grande tendência à época — com frases irônicas sobre os dilemas da vida: tudo isso ilustrado com imagens de divas do cinema, como Marilyn Monroe e Audrey Hepburn. E, assim, nasceu o Diva Depressão.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Detalhes das estantes da sala de estar (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

No momento em que descobriu o talento do parceiro, Edu se empolgou: enxergou ali a chance de aplicar o talento do casal não só para o design, mas também para piadas ácidas relativas ao mundo da moda e das celebridades, sempre por meio das redes sociais.

Como era de se esperar, o sucesso da página e o tempo dedicado a ela não foram bem vistos pelos seus chefes, e a demissão de seus trabalhos regulares veio logo em seguida.

No entanto, o que foi motivo de desespero e incertezas no início da jornada logo se transformou em sucesso em formato de blog e depois em canal no YouTube. Em seguida,  vieram os livros publicados e a marca de destaque, que hoje conta até com  a produção de reality show: o popular Corrida das Blogueiras, transmitido no YouTube pela DiaTV.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Detalhes do escritório dos influenciadores, localizado o próprio lar (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Com a façanha de estar há mais de dez anos no ar mantendo-se relevantes, Eduardo e Filipe compartilham diariamente em suas redes muito de suas vidas, incluindo o sonho de conquistar o espaço próprio.

Continua após a publicidade

O desejo foi, enfim, realizado no apartamento atual do casal — e muito celebrado pelos seus mais de três milhões de seguidores.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Referências à cultura pop são encontradas por toda a casa (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

MAXIMALISMO E ATÉ LAVABO DE PELÚCIA ROSA

Se no início da vida conjunta eles mal tinham lugar para deixar a criatividade fluir na decoração de seus antigos apartamentos — o primeiro tinha apenas 35 metros quadrados —, hoje, a história é bem diferente.

“Sempre lembramos da nossa primeira casa, onde precisávamos mover os móveis para poder gravar. É incrível agora ter esse espaço onde podemos chamar nossas famílias”, contenta-se Filipe. Aliás, conforme os anos se passaram, o relacionamento de ambos com seus familiares só melhorou.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Detalhes do quarto do casal (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

“Eu troco qualquer ‘rolê’ pra ficar na minha casa. Inclusive, a gente ama receber, e a galera está sempre aqui: os amigos, a família. Nossa casa virou um ponto de encontro”, diz Eduardo.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
No quarto, um espaço é reservado para a rotina de beleza (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Passear pela casa dos Divas é como entrar num universo lúdico: é impossível não se perder na imensa coleção de bonecos que foram pacientemente organizados por diferentes cômodos.

Continua após a publicidade
Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Referências à cultura pop são encontradas por toda a casa (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

“A gente ama receber, e a galera está sempre aqui: os amigos, a família. Nossa casa virou um ponto de encontro”

Eduardo Camargo e Filipe Oliveira

Em suas estantes estão itens adquiridos em viagens, objetos retrô vindos diretamente dos anos 1980 e 1990, esculturas, presentes de fãs e todos os símbolos possíveis da cultura pop. Além das longas seções de Harry Potter e Turma da Mônica, há espaços dedicados, sobretudo, à Madonna.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
O quadro que representa a cantora Madonna é da artista Sarah Lörenk (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

A musa inspiradora do casal é tema central de diferentes obras de arte espalhadas pelas paredes. A mais impactante delas, localizada na sala, é uma pintura acrílica da artista Sarah Lörenk, que também assina outras obras distribuídas pela casa.

“Ter mais espaço era uma necessidade que se potencializou durante a pandemia. A gente tinha escritório e estúdio no quarto, mas eram pequenos, então não tinha muito recuo na câmera. Como trabalhamos de casa e ficamos muito tempo nela, sentíamos falta dessa divisão de espaço entre trabalho e descanso”, explica Filipe.

Há três anos, quando o casal se mudou para o atual lar, o encanto pelos janelões e espaços generosos, característicos de um imóvel mais antigo, veio logo de cara.

Continua após a publicidade
Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Detalhes da decoração do corredor do apartameto (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Revestido com chão de taco, o clima aconchegante se alonga pelos muitos cômodos da casa — um dos quartos foi reservado para as visitas; outro foi transformado em estúdio de gravação para o YouTube e, por fim, uma antessala virou escritório, onde é também gravado o podcast dos influenciadores, o Divã da Diva.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Num local reservado ao lado da sala o casal montou um estúdio equipado para gravações (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Na primeira etapa da reforma, quando o imóvel ainda era alugado pelo casal, a ideia foi trazer repaginação sem grande quebra-quebra. Os arquitetos Karen e Nelson, do escritório KW8 Arquitetura, já conheciam bem as peculiaridades da dupla e foram os responsáveis por repaginar os cômodos.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
O filtro de barro em formato de cacto garante um espaço divertido (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

“Nós alugamos o espaço já com o sonho de um dia conseguir comprá-lo quando tivéssemos o dinheiro. Então as melhorias foram feitas com base nisso. No final, deu tudo certo e até descobrimos que a esposa do dono do imóvel assistia nosso canal! Fizemos uma oferta e, enfim, compramos”, explica Eduardo.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Muitos leds iluminam a decoração do lar com frases divertidas (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Os profissionais trouxeram um projeto de iluminação pensado para ser cenário de vídeos (com muitos leds coloridos), transformaram o hall com papel de parede e sugeriram móveis versáteis que combinassem com o clima descontraído da casa, incluindo sofá e mesas modulares, perfeitos para receber visitas.

Além disso, os moradores incluíram ilustrações e esculturas de diferentes artistas que admiram pela sala e corredores, como Will Costa, Quihoma e Fredi Federico.

Continua após a publicidade
Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Ao fundo, o grafite em 3D é do artista Jhon (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Já o grafite no estar, feito pelo artista Jhon, brinca com a ilusão de profundidade criada a partir de luzes e sombras. Com o contrato de compra assinado, surgiu o momento de concretizar outras vontades mais desafiadoras, como a suíte.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
Recém-reformada, a suíte ganhou clima aconchegante com tons claros de verde e rosa – cores pelas quais Edu e Fih são conhecidos (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

Também sob o olhar dos arquitetos, o casal decidiu trazer o verde e o rosa — cores que são sua marca registrada — para o quarto e banheiro, mas desta vez de forma mais sutil, garantindo ao espaço um ar mais relaxante.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
A banheira garante o clima de spa na suíte do casal (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

O jeito irreverente dos criadores foi inserido até no lavabo da casa, feito de pelúcia cor de rosa. Quando revelada aos seguidores, a decoração polêmica viralizou e transformou-se até em discussão nas redes sociais.

Indoor, apartamento do Diva Depressão para CLAUDIA
O polêmico lavabo de pelúcia rosa virou até assunto nas redes sociais: “Brincamos tanto com a casa dos outros, queríamos algo para ‘zoar’ nós mesmos”, conta Filipe (Bruno Geraldi/CLAUDIA)

“Nosso canal vai fazer dez anos e já sofremos todo tipo de comentário. Tem coisa que machuca até hoje, mas sobre a casa, eu juro para você, os comentários nunca me incomodaram. Quando vimos o potencial do banheiro de viralizar, mergulhamos de cabeça na ideia. No fim, quem vai morar aqui é a gente. Então é um grande f*da-se na verdade, né?”, finaliza Eduardo, com aquela pitada ácida de sempre.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.