Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Mandato da nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala na OMC começa 1º de março

Além de primeira mulher, ela também é a primeira pessoa de origem africana a assumir o comando na OMC

Por Da Redação 15 fev 2021, 14h39

Agora é oficial. A nomeação da nigeriana Ngozi Okonjo-Iweala para a diretoria geral da Organização Mundial do Comércio foi confirmada neste segunda-feira em reunião.

 

Após a desistência da sul-coreana Yoo Myung-hee na última sexta-feira, 5, ela era a única candidata e desde antes de Yoo deixar o pleito, Ngozi era a concorrente de maior apoio na OMC. 

 

Além de primeira mulher, ela também é a primeira pessoa de origem africana a assumir o comando na OMC. Seu mandato começa em 1º de março de 2021 e vai substituir o brasileiro Roberto Azevedo, que deixou a liderança da OMC em agosto.

 

Aos 66 anos, ela, que é economista formada pela Universidade de Harvard, deve fazer reformas e declarou que vai facilitar a presença feminina no comércio internacional, sobretudo, em países em desenvolvimento, em que as desigualdades de gênero são mais latentes. Confira o perfil de Ngozi Okonjo-Iweala aqui.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade